fbpx

Agende sua aula gratuita

Agende agora mesmo uma primeira aula gratuita (on-line ou presencial) com um dos nossos adestradores!!

Pesquisadores estudam como gatos se comportam em áreas livres

Durante quatro anos, pesquisadores da Universidade de Derby e da Universidade Metropolitana de Manchester, da Inglaterra, estudaram o comportamento dos felinos quando eles estão soltos longe dos humanos. Eles instalaram câmeras pequenas na coleira de 16 gatos, que filmavam seus passeios e mostravam o seu dia a dia.

Um dos pontos interessantes da pesquisa é o apontamento de que os gatos vocalizam de formas diferentes para cada estímulo. Por exemplo: de um jeito quando estão com seus tutores, de outro para os gatos, outro quando vão caçar algum bichinho e até mesmo quando estão irritados com alguma coisa. Além disso, eles vocalizam de forma inusitada quando não conseguem entrar em casa por sua portinha – parece até que eles estão reclamando!

A conclusão é que, apesar da fama, os gatos não são preguiçosos e são muito ativos! Os pesquisadores ainda compilaram um vídeo com algumas das imagens gravadas e colocaram a legenda (em inglês) do que estavam fazendo naqueles momentos.

Para ver os detalhes da pesquisa, clique aqui e leia a reportagem. Caso não consiga acesso ao link, veja os prints aqui.

Agende sua aula gratuita

Agende agora mesmo a sua aula gratuita (on-line ou presencial) com um de nossos adestradores!!

Como montar o enxoval do novo pet

A chegada de um novo pet envolve a compra de alguns itens para o seu conforto e bem-estar. Apesar da empolgação e das inúmeras opções disponíveis, é muito mais importante pensar na funcionalidade na hora da escolha e não apenas no estilo.

Ler mais »

Como montar o enxoval do seu gatinho

Apesar de terem uma personalidade mais independente e, em geral, darem menos trabalho que os cães na infância, a chegada de um gatinho ao lar envolve várias providências e a compra de alguns itens para o seu conforto e bem-estar.

Ler mais »

Dicas para reduzir os latidos dos cães.

Latir faz parte da natureza canina. Ou seja, dificilmente o comportamento pode ser 100% extinto – e nem seria saudável! Por outro lado, latidos em excesso podem indicar que o bem-estar do pet está comprometido e/ou que a comunicação com ele está falhando.

Ler mais »

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

NÃO VÁ AINDA!!

Agende agora mesmo uma primeira aula gratuita (on-line ou presencial) com um dos nossos adestradores!!