Problemas com xixi fora do lugar ou só dentro de casa

dicas_interna-xixi-lugar-erradoPor Tiago Cardoso, adestrador e franqueado da Cão Cidadão.

Muitas pessoas me questionam se o seu cãozinho pode fazer suas necessidades em outro lugar que não seja no seu banheirinho dentro de casa. Ficam em dúvida se isso vai prejudicar o treinamento e se o animalzinho começará a se aliviar em todos os locais que desejar.

O primeiro ponto a ser analisado é: se o peludo está bem condicionado a fazer xixi e cocô no lugar correto, ou seja, dentro de casa, então não há problema algum que ele se alivie na rua quando sair para passear.
O que pode ser um problema, na minha opinião, é deixar que o pet faça as necessidades em outros locais quando ele ainda está na fase de aprendizado, e não sabe exatamente onde deve urinar e defecar. Isso sim pode confundir o amigo e levá-lo a cometer erros.

Quando estou treinando um filhote, costumo sugerir ao tutor que, assim que o pet tenha aprendido a fazer as necessidades dentro de casa, ele também comece a recompensar os xixis na rua.

O treinamento pode ajudar no dia a dia, já que o tutor acaba tendo um bichinho que está acostumado a fazer as suas necessidades em lugares variados. Com isso, em épocas de chuvas constantes, de férias e/ou outras situações que fogem da rotina, os alívios do seu amigo não serão um problema para você e nem para ele.

Bons treinos!

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Não dar atenção pode ser a solução

dicas_interna-solucao-sem-atencao

Por Amagoya Garcia, adestradora e franqueada da Cão Cidadão

“Adotamos o Zack quando ele tinha dois meses. Ele é mestiço de Yorkshire e Pequinês. Morávamos em um apartamento e depois moramos por dois anos em uma casa com bastante espaço. Logo que mudamos para a casa, adotamos também uma gata, que teve filhotes. Acabamos ficando um mais ums gatinha da ninhada. Resumindo: hoje somos eu, minha esposa, o Zack e duas gatas.

Atualmente, moramos novamente em um apartamento. Os problemas que passamos com o cão são os seguintes: – Urinar em todo lugar: tanto a urina curta, de demarcação de território, quanto a normal. Isso acontece desde que era filhote e ainda o único animal da casa. Ele dorme no sofá ou na cama, junto com as gatas (sei que é errado, mas não conseguimos acostumá-los em uma caminha, ele urinava nelas e a casa toda ficava fedida).

Já tentamos usar jornal, jogar vinagre e/ou água sanitária onde ele urinou, mas não funciona. Queremos que ele urine na varanda do apartamento, que é onde fica a caixa de areia das gatas. A única coisa que eu não testei ainda foi o “Xixi pode” e o “Xixi não pode”, mas creio que não vá funcionar. – Agressividade: ele parece estar meio confuso. Rosna, late e às vezes avança quando ele está em cima do sofá ou da cama e alguém fica em pé virado para ele, principalmente eu. Parece se sentir ameaçado. Quando ele faz isso eu ignoro ou às vezes vou mexer com ele, fazer um carinho, aí ele brinca. Geralmente ele é extremamente carinhoso.

Ele tem um bichinho de pelúcia que gosta bastante, não larga para nada, chega a ser até doentio, ele deita e põe o queixo em cima do bichinho e fica chorando por horas se deixar, isso quando não dorme.  Muitas vezes, temos que esconder o tal bicho para ele lembrar da vida, lembrar de comer, de beber água. Quando tentamos tirar o bichinho, ele rosna muito e até avança, mas adora quando jogamos a pelúcia para ele pegar, mas, ao mesmo tempo, não aceita que tomemos dele. Muito confuso. Estamos há tempos tentando resolver isso, mas já não sei mais para quem mandar esse texto. Obrigado.”

É bem comum cães machos apresentarem comportamento de demarcação de território.

Temos vários pontos que podem justificar a situação: como é feita a limpeza do local, como vocês se comportam quando ele faz o xixi no local errado e como reagem quando ele faz no local certo.

É importante verificar também a localização do banheiro, assim como sua disposição.  Além disso, a castração pode melhorar esse quadro dentro da sua casa.

Dicas

A limpeza precisa ser feita com papel aderente e com produtos específicos e enzimáticos, que destroem a molécula do xixi e eliminam o cheiro por completo para o faro aguçado dos cães.

Produtos de limpeza comuns não eliminam estes odores e o animal continua marcando aquele local. Dependendo do produto (agua sanitária, por exemplo), o cão pode confundir o cheiro com o próprio xixi, além de poder causar alergias e intoxicação.

É recomendado também não fazer a limpeza na presença do pet, pois ele pode repetir o comportamento exclusivamente para chamar a sua atenção.

Verifique a disposição do banheiro: se a varandinha tem espaço suficiente para isso e se o local que vocês escolheram o deixa à vontade para se aliviar.

Identifique qual o tipo de banheiro que o Zack se sente mais confortável para fazer suas necessidades, se é o tapete higiênico, jornal, tabladinho, cone etc. Após a limpeza da forma correta, vamos aos acertos.

Precisamos mostrar ao Zach o local certo, então, podemos tentar uma previsibilidade dos momentos que ele faz xixi, por exemplo: ao acordar, depois de se alimentar ou quando brinca bastante. Nestas horas, procure deixar o animal o mais próximo do banheiro possível. Para isso, talvez seja necessário deixar mais de um local sendo seu banheiro em um primeiro momento, para aumentar as chances de acerto do amigo.

Assim que ele acertar o xixi temos que recompensá-lo com algo que ele goste muito, (normalmente petiscos), porém, quando ele fizer no local errado é preciso ignorá-lo completamente e limpar quando ele não estiver por perto. Dessa forma, ele começará a associar que quando faz xixi no local correto ganha recompensas, mas quando erra nada acontece.

É importante não dar broncas quando ele errar, pois essa também é uma forma de o animal ter a sua atenção e, consequentemente, continuar tendo a atitude indesejada.

Comportamentos de agressividade e de posse normalmente são reforçados por nós sem querer. No caso do sofá e da cama, sempre que for se aproximar, antes de ele mostrar agressividade, jogue um petisco e mostre que sempre que você se aproxima ele é recompensado. Quando conseguir sentar ao lado dele faça bastante carinho e brinque, mostrando o quanto é positiva sua presença ali.

Caso ele já esteja agressivo, ignorá-lo e sair do ambiente é uma opção de não reforçar o comportamento de disputa. Não parecerá tão legal ficar latindo e sendo agressivo sem um público para ver.

Com relação ao bichinho de pelúcia, se aproxime dele com um petisco e mostre ao cão que você não é uma ameaça e nem roubará seu brinquedo. Faça este treino várias vezes até o cão sentir a confiança de que você pode pegar o bichinho, mas irá devolve-lo. Faça uma troca justa: pegue a pelúcia e recompense o amigo com petiscos, pegando e devolvendo o bichinho a ele e mostrando como se torna divertida a brincadeira.

Se precisar de ajuda, conte com a nossa equipe de adestradores. Boa sorte!

Fonte: Portal do Dog

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Como ensinar o cachorro a fazer xixi no lugar certo?

dicas_interna-xixi-certoEducar o cachorro a fazer as necessidades no local correto exige muita paciência e persistência, mas não é algo tão difícil como parece.

Para começar, é fundamental escolher a área que será usada como banheirinho. Lembre-se de que a região deve ser mantida sempre limpa e ficar afastada da comida, do bebedouro e de lugares com grande movimentação de pessoas.

O ideal é ensinar o pet a usar o jornal ou o tapete higiênico quando ele ainda é filhote. Mas, caso isso não tenha sido feito, é possível, sim, mostrar para o adulto o local correto do banheirinho.

Uma dica é ficar atento aos sinais do pet. Quando perceber que ele está apertado, leve-o ao banheirinho e aguarde, se possível, até ele se aliviar. Caso isso aconteça, recompense-o com muito carinho, elogios e com algo que ele goste bastante, como petiscos. Seja persistente nessa etapa, mas sem forçá-lo a nada!

Com o tempo e as repetições, ele vai entender que aquele é o local do banheirinho e passará a fazer as necessidades ali. Mas, tenha em mente que acidentes podem acontecer, ou seja, ele pode fazer fora do local correto.

Se isso ocorrer, evite as broncas porque o cachorro pode associá-las ao ato de fazer as necessidades e, por essa razão, terá medo de fazê-las para não levar bronca. Isso se transformará em um problemão!

Com carinho e estímulos, logo o pet estará se aliviando somente no banheirinho!

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Como ensinar o pet a fazer o xixi no lugar certo?

xixi
Photo credit: OakleyOriginals / Foter / CC BY

Ensinar o bichinho de estimação a fazer as necessidades no lugar certo pode ser trabalhoso, mas, com um pouco de paciência e compreensão, essa prática pode dar certo. Lembre-se: antes de tudo, é preciso definir o local que o pet deverá usar como banheirinho! Abaixo, separamos algumas dicas que podem ajudar na hora de ensinar o cãozinho.

Local ideal para colocar o banheiro do pet

Tenha sempre em mente que os cães não gostam de fazer as suas necessidades próximo à caminha e da sua comida. Eles costumam, por hábito, sempre se afastar desses lugares para fazer o xixi. Por isso, é preciso deixar o banheirinho no lado oposto da caminha e dos postes de ração e de água.

Treinando o pet para fazer o xixi no lugar certo

O treino para ensinar o cão a fazer o xixi no lugar certo é basicamente simples, mas, como avisado acima, dependerá de muita paciência, repetição e carinho.

Nunca dê bronca: para ter sucesso é importante não dar broncas no cãozinho quando ele fizer o xixi no lugar errado. Isso pode levá-lo a criar associações erradas com a prática. Por exemplo, ele pode começar a fazer o xixi para chamar a sua atenção ou ficar com medo por causa da bronca, e começar a fazer o xixi escondido, em lugares em que você não consiga ver. Por isso, nada de esfregar o focinho do cão no xixi ou bater nele, tá?

Dê a opção do cão acertar: como isso? Simples. Mantenha sempre um banheirinho próximo dele. No começo, ofereça várias opções pela casa, até que o cão se acostume com a prática. Depois, sempre que ele fizer o xixi no lugar certo, procure recompensá-lo com um petisco ou com algo de que ele goste muito. Dessa forma, ele associará rapidamente o treino e entenderá que fazendo o xixi no lugar certo, ele será recompensado.

Estruture uma área: como informado acima, deixe o banheirinho do cão do lado oposto aos potes de água e comida. Eles não costumam fazer as necessidades próximo ao local onde comem, bebem e dormem.

No vídeo abaixo, o especialista em comportamento animal, Alexandre Rossi, dá algumas dicas de como ensinar o cãozinho a fazer as necessidades no local certo. Confira as dicas!

Vai realizar o treinamento? Conte para nós se deu certo. Boa sorte!

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Xixi no lugar certo é possível?

xixi

Por Malu Araújo, adestradora e consultora comportamental da equipe Cão Cidadão.

O xixi no lugar certo é uma das maiores reclamações dos donos de pets. E sim, é possível que eles aprendam e utilizem apenas um espaço para fazer as necessidades.

Muitas pessoas preferem e acreditam que o ideal é que o cachorro só faça xixi na rua, mas, na prática, não imaginam o quanto de dor de cabeça esse hábito pode ter: mesmo em dias de muita chuva os donos precisam sair, quando os tutores têm algum compromisso precisam passar em casa antes para levar o cachorro para fazer xixi, uma esticadinha depois do trabalho, para sair com os amigos, não é possível sem antes levar o pet para um passeio. Então, o ideal é que ele tenha um espaço em casa em que possa fazer as necessidades também.

O local ideal para preparar esse banheirinho é longe da comida, da água, da caminha e dos brinquedos dele. Os cães têm, por hábito, se afastar de onde comem, dormem e brincam para fazer xixi. Muitas pessoas acabam deixando tudo perto, como forma de facilitar para o cão saber onde estão as coisas dele, mas não é o ideal.

É sempre indicado usar alguma superfície que o cão identifique como sendo o banheiro. Pode ser o tapete higiênico, jornal ou grama sintética. Esse local deve estar sempre disponível para eles, por isso, cuidado para não fechar a porta ou manter o banheirinho em lugares muito barulhentos ou que sejam passagens frequentes de pessoas.

Machos gostam de levantar a pata, então, um cone ou o tapete higiênico preso pela lateral na parede ajudam a evitar erros.

Nunca dê bronca no seu cão caso ele faça as necessidades em um local errado, principalmente se for um filhote, pois o motivo do erro pode ser porque ele não sabe qual é o lugar certo e não um protesto contra você. Ensine-o com paciência e, se precisar, conte com o auxílio de um profissional de adestramento.

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Necessidades no lugar certo é tema de palestra da Cão Cidadão

pcm O seu pet anda fazendo xixi no local errado? Que tal aprender um pouco e tentar ensiná-lo o lugar correto do banheirinho?

Neste sábado, 28 de fevereiro, o especialista em comportamento animal, Alexandre Rossi, e a equipe de adestradores da Cão Cidadão vão fazer uma palestra gratuita sobre necessidades no lugar certo às 17h, na Pet Center Marginal, em São Paulo (SP).

Para participar, não é necessário se inscrever previamente, basta comparecer ao local no horário programado.

Confira mais informações em Agenda.

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Necessidades no local correto: erros comuns

necessidades
Photo credit: merfam / Foter / CC BY

Não conseguir fazer as necessidades no local correto é um dos problemas que mais incomodam os donos de animais de estimação, principalmente os de cães. Ensinar o pet a fazer xixi no banheirinho dele e não no tapete, por exemplo, pode ser trabalhoso, mas, certamente, com paciência e persistência, é possível.

É preciso lembrar também que muitas vezes o pet faz as suas necessidades fora do local por causa do dono. Sim! Alguns comportamentos, mesmo que inconscientes, podem influenciar a conduta do animal. Aprendendo melhor sobre esses erros, você conseguirá ensinar e ajudar o seu pet a realizar as suas necessidades no local determinado.

O tapete higiênico é uma boa opção para ser o banheiro dos cães, pois naturalmente o cachorro busca uma superfície absorvente para fazer as necessidades. Essa é uma das razões que levam os cães a fazerem xixi no tapete da casa ou em alguma almofada, por exemplo.

Erros comuns

Broncas

O primeiro passo para o sucesso nesse processo é nunca dar broncas quando o cãozinho fizer o xixi no lugar errado. Isso pode levá-lo a criar associações erradas, como por exemplo, fazer o xixi para chamar sua atenção, ou ficar com medo e fazer o xixi escondido, em lugares em que você não possa ver e nem punir.

Esfregar o focinho no xixi

Ao contrário do que algumas pessoas possam achar, esfregar o focinho do cão no xixi e dar bronca não adianta em nada. Ao contrário, é péssimo para o treino e pode causar danos psicológicos sérios no cão, que pode evitar fazer o xixi na sua frente, com medo da punição.

Comida perto do banheirinho

Nunca deixe a ração e a água do seu cãozinho próximo ao banheirinho dele. Os cães não gostam de fazer suas necessidades perto do local onde comem, por isso, mantenha as tigelas afastadas – se possível, em lugares opostos.

Como acertar o banheirinho?

Neste vídeo, o especialista em comportamento animal, Alexandre Rossi, dá algumas dicas. Confira:

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Xixi no pneu: o que fazer?

Photo credit: nikoretro / Foter / CC BY-SA
Photo credit: nikoretro / Foter / CC BY-SA

O seu cachorro anda fazendo xixi no pneu do seu carro? Esse é um comportamento bastante comum! Como o olfato dos cães é bastante aguçado e o pneu do carro acumula os cheiros dos caminhos que percorreu, é natural que alguns animais queiram demarcar território.

Se esse é um comportamento que não te agrada muito, é possível minimizá-lo. Sempre com paciência, persistência e reforço positivo!

Dicas 

Xixi no local correto!

Primeiro, é preciso ensinar o cãozinho a fazer as necessidades no lugar certo. Você não sabe como? Explicamos tudinho aqui! Dessa forma, é possível delimitar o local correto do banheirinho.

Bloqueio

Se o seu pet for macho, deixe algum objeto alto em frente à roda do carro, para que ele possa utilizar como poste. Assim, além de ter um lugar para fazer as necessidades, o objeto pode funcionar como um bloqueio.

Castração 

Já pensou em castrar o seu cachorro? Falamos sobre o tema neste post. Cães castrados costumam demarcar menos território!

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Xixi por problemas emocionais

autor_andrei

 

xixi2
Photo credit: left-hand / Foter / CC BY-ND

Fazer o xixi descontroladamente ou no lugar errado pode ser provocado por algum problema emocional. Alguns animais podem desenvolver quadros de ansiedade, medo ou depressão, por exemplo, que podem causar esse tipo de problema. Isso acontece porque as emoções têm relação direta com o sistema nervoso que, por sua vez, controla o relaxamento dos esfíncteres que controlam a micção. Também existem situações em que o animal tem controle do xixi e que utiliza esse tipo de comportamento a seu favor.

Identificando o problema

Além de não conseguir controlar o ato em si, o animal pode se utilizar desse comportamento para chamar a atenção. Isso acontece quando ele se sente sozinho e quer a atenção do dono. Nessa segunda possibilidade, o animal sabe claramente aonde deveria ser feito o xixi e faz fora do lugar propositadamente. Um exemplo: quando há o nascimento de um bebê, o que causa um desvio de atenção, que anteriormente era apenas do cão. Esse comportamento também pode estar relacionado ao descontrole dos esfíncteres, o que pode ser provocado por fortes emoções, como o medo.

Tratamento

O tratamento consiste em adotar estratégias de comportamento que não permitem ou desestimulem que o animal apresente o comportamento na presença do que causa essa reação.

Treinamento

Algumas situações podem ser controladas para que o animal não tenha uma reação emocional exagerada. Em situações em que o animal mostra esse tipo de resposta, pode-se fazer uma dessensibilização ao gatilho causador do medo por exemplo, ou euforia. A dessensibilização deve ser feita de forma gradual para que o animal não apresente esse comportamento emocional exagerado, utilizando-se uma intensidade menor e aumentando esse estímulo gradativamente. Em alguns casos, o tratamento pode ser medicamentoso para animais sensíveis e que reagem de forma emocional muito exagerada. Para os casos em que o animal faz xixi para chamar atenção, o tratamento é não valorizar essa atitude. Por exemplo, se o cachorro começar a fazer xixi quando as pessoas fazem carinho nele, é preciso parar, porque fazendo carinho o animal será recompensado por aquele comportamento. O tratamento, para tanto, está relacionado à mitigação das causas que o fazem errar (causas de reação emocional intensa, como medo ou euforia, por exemplo), ao treinamento de reforço positivo quando acerta (elogio, petiscos e elogios) e a retirada da atenção quando erra. Importante lembrar que o treinamento básico para essa situação envolve o reforço positivo, em que se recompensa quando o comportamento é adequado.

Xixi durante o sono

A micção noturna pode ter causas emocionais, pois, alguns estudos têm indicado que existe a possibilidade de os cães sonharem, ou até mesmo em função de uma causa anatômica. Cães muito jovens não têm a sua capacidade de retenção desenvolvida, nem a cognição que os possibilite acertar com tanta frequência, enquanto os cães velhos ou doentes podem ter essas capacidades comprometidas. Por sua vez, a cognição também pode influenciar os estados emocionais. Se as possibilidades emocionais que causam esse tipo de problema forem consideradas e não se conseguir determinar qual a situação que está causando a reação ao animal passível de treinamento, deve-se considerar a possibilidade de investigar causas anatômicas ou uma emotividade exagerada que determine a intervenção medicamentosa.

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Xixi no lugar certo

xixi
Photo credit: anko.gaku_ula / Foter / CC BY

Por Carlos Antoniolli, adestrador da equipe Cão Cidadão 

Umas das principais queixas de proprietários de cães que vivem em apartamento é a questão do xixi fora do lugar, e isso realmente gera muito incomodo. O treino para ensinar o cão a fazer o xixi no lugar certo (ex: tapete higiênico) é basicamente simples, mas dependerá de muita paciência, repetição e carinho.

O primeiro passo para o sucesso é nunca dar broncas quando o cãozinho fizer o xixi no lugar errado. Isso pode leva-lo a criar associações erradas, como por exemplo, fazer o xixi para chamar sua atenção, ou ficar com medo e fazer o xixi escondido, em lugares que não possa vê- lo e nem puni-lo.

Antigamente, as pessoas esfregavam o focinho do cão no xixi e davam broncas, o que é péssimo para o treino e pode causar danos psicológicos sérios no cão e, como descrito anteriormente, o cão evitará fazer o xixi na sua frente. Algumas pessoas acreditam que essa técnica funcione por ter exemplos do passado, quando normalmente o cão vivia no quintal e para evitar a bronca, dava preferência em se afastar das pessoas.

O segundo passo é dar opção do cão acertar, ou seja, manter sempre um banheiro próximo. Inicialmente, com uma ampla superfície e sempre que fizer o xixi no lugar correto deverá recompensa-lo. Procure premiar com um petisco especial, algo que só poderá comer nesses momentos. Assim, a associação poderá ocorrer mais rapidamente.

Quando filhotes, os cães não possuem um controle adequado dos esfíncteres e este é um dos motivos da maior frequência na micção e neste caso, fica evidente a importância do banheiro próximo.

O terceiro passo é estruturar a área que o cão permanecerá, ou seja, cama e vasilhas de água e comida devem ficar em local oposto ao banheiro. Os animais em geral costumam fazer as necessidades longe do local que encontram alimentos e é importante que os “ajudemos” a manter essa higiene nata.

Share and Enjoy !

0Shares
0 0