Cão Cidadão inicia atendimento em Porto Alegre

noticias-interna-atendimento-poa Em 2016, a Cão Cidadão expandiu as áreas de atendimento em domicílio e passou a atender também Porto Alegre, no Rio Grande do Sul.

O objetivo da expansão é cumprir a missão da empresa de ajudar cada vez mais pets a se relacionarem melhor com a família e a sociedade, por meio da educação.

Para isso, foi utilizado o método de Adestramento Inteligente, técnica criada por Alexandre Rossi, zootecnista e especialista em comportamento animal. Esse método é baseado no reforço positivo, que valoriza as atitudes corretas do pet e não as erradas, sem admitir qualquer tipo de violência.

As aulas de adestramento em domicílio têm 40 minutos de duração e podem ser marcadas de acordo com a disponibilidade do adestrador e também dos tutores, que têm um papel importante na educação do animal. Clicando aqui, é possível aprender um pouco mais sobre o processo e nossos serviços.

Ficou interessado? Em caso de dúvidas, nossa central de atendimento também está à disposição pelos telefones (11) 3571-8138 (São Paulo) / 4003-1410 (demais cidades), ou pelo e-mail faleconosco@caocidadao.com.br.

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Cão Cidadão em Salvador

noticias_interna-atendimento Buscando ajudar cada vez mais os pets a se adaptarem à sociedade e às famílias, a Cão Cidadão conta com atendimento em Salvador, na Bahia.

Adestramento em domicílio

Para educar os bichinhos, a Cão Cidadão utiliza o Adestramento Inteligente, método desenvolvido pelo zootecnista e especialista em comportamento animal, Alexandre Rossi, que tem como base o reforço positivo, técnica que valoriza as boas atitudes do pet, com recompensas.

Ao contrário do que se pensa, broncas acabam não resultando em boas atitudes, mas sim em medos e outros problemas comportamentais.

A técnica usada pela equipe ajuda o pet a assimilar o aprendizado de forma mais agradável, além de estimulá-lo física e psicologicamente. Nenhum tipo de violência é admitido e o objetivo dos treinamentos é melhorar o comportamento dos animais de estimação, sempre com muito respeito.

Além do adestramento em casa, a Cão Cidadão oferece cursos e consultas comportamentais à distância e presenciais, e uma agenda recheada de palestras e plantões de dúvidas.

Confira mais informações no vídeo:

Ficou interessado? Então, clique aqui e confira tudo sobre o adestramento.

Em caso de dúvidas, nossa central de atendimento também está à disposição para ajudar, pelos telefones: (11) 3571.8138 (São Paulo) / 4003-1410 (demais cidades), ou pelo e-mail faleconosco@caocidadao.com.br.

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Cão Cidadão expande áreas de atendimento em domicílio

noticias_interna_cc_em_nova_regiao Em novembro, a Cão Cidadão expandiu sua franquia e passou a atender quatro novas regiões: Caieiras, Mairiporã, Franco da Rocha e Francisco Morato, na Grande São Paulo.

O objetivo da disseminação do trabalho é ajudar cada vez mais famílias a melhorarem o relacionamento com o pet e facilitar a adaptação dos animais de estimação na sociedade, por meio da educação.

Para isso, o método utilizado para colocar em prática o Adestramento Inteligente é o reforço positivo. Essa técnica, criada pelo especialista em comportamento animal, Alexandre Rossi, tem como base a valorização dos comportamentos corretos do animal, e não dos errados (além de não admitir nenhum tipo de violência).

Cada aula têm duração de 40 minutos, e as datas e horários devem ser definidos de acordo com a disponibilidade do tutor e do adestrador da região.

Ficou interessado? Então, clique aqui e confira mais informações sobre esses e outros serviços da Cão Cidadão.

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Cão Cidadão expande atendimento a novas regiões

noticias_interna_novas_regioes Com o intuito de ajudar cada vez mais na integração das famílias e seus pets, a empresa de adestramento e comportamento animal, Cão Cidadão, tem ampliado o seu campo de atuação, levando o atendimento a todos os cantos do Brasil. Agora, a empresa atende às regiões de Sorocaba, Santos, São Vicente e Guarujá. A região de Ribeirão Preto também ganhou um novo profissional!

O Adestramento Inteligente, que tem como base o reforço positivo, é uma ferramenta fundamental para a educação dos animais e, também, para a eliminação ou redução de distúrbios de comportamento.

As aulas têm duração de 40 minutos cada, e os dias e horários são definidos conforme a disponibilidade do cliente e do adestrador.

Sempre que possível, o dono deve acompanhar as aulas e seguir à risca as orientações do adestrador. O trabalho em conjunto vai ser muito mais benéfico se todos trabalharem juntos. Além das regiões citadas, a Cão Cidadão atende a diversos outros locais do país. Caso tenha interesse em contratar um dos serviços da empresa, clique aqui.

Em caso de dúvidas, entre em contato com a Central de Atendimento, pelos telefones 11 3571-8138 (São Paulo) ou 4003-1410 (demais cidades), ou pelo e-mail faleconosco@caocidadao.com.br.

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Como evitar erros comuns no adestramento

Photo credit: USAG-Humphreys / Foter / CC BY
Photo credit: USAG-Humphreys / Foter / CC BY

Adestrar o cachorro pode ser uma atividade divertida tanto para o dono quanto para o pet. Porém, muitos donos podem ter dificuldade em ensinar comandos para o animal e se comunicar com ele da maneira adequada.

O adestramento pode ajudar no relacionamento com a família e proporcionar momentos de maior interação com o bichinho. Dessa maneira, utilizando métodos como o Adestramento Inteligente, que é baseado em reforço positivo, pode ser fácil e divertido ensinar cães, gatos e outros pets.

Porém, existem alguns erros e mitos que podem atrapalhar qualquer treino, seja ensinando comandos ou treinando um filhote para obediência geral. Veja a seguir:

Deixar para começar o adestramento do filhote depois dos seis meses
Os filhotes aprendem rápido e esperar o filhote completar seis meses ou até um ano para começar a educar é perda de tempo. Ao chegar na casa nova, com 45 ou 60 dias, ele já está apto a aprender.

Começar a sair com o cão só depois do término da vacinação
Os filhotes estão suscetíveis a diversas doenças antes do término da vacinação, porém, é importante deixar o pet conhecer o mundo lá fora. Não coloque o cãozinho no chão, mas leve-o no colo, em uma bolsa ou mesmo de carro para ver coisas diferentes e utilize petiscos para associar com coisas boas.

Utilizar métodos baseados em força física ou violência
O adestramento tem que ser agradável para o cão e para o dono. O uso da força ou violência não ensina nada para o cão e ainda estimula que ele aja com violência. Além disso, isso fere a confiança que o pet tem nas pessoas e causa mais problemas de comportamento.

Falar várias vezes o comando sem antes ensinar o cão
Ao ensinar um comando para o cão, evite dizer várias vezes o nome do comando, pois isso confunde o animal. Use um petisco para induzir o cão na posição desejada – sentado, deitado, girando, etc. – movendo o petisco próximo ao focinho do pet. Quando ele desempenhar o comportamento, recompense. Só comece a dizer o nome do comando quando o cão já seguir a mão e realizar o comando corretamente.

Não participar das aulas de adestramento
Muitos donos questionam se o cão adestrado por um treinador só vai atender a ele, ou também atenderá ao dono e à família. Com certeza, se o pet perceber que só o adestrador brinca, recompensa e interage com ele, vai preferir atender só ao treinador! Porém, se todos falarem a mesma língua, estabelecerem os mesmos limites e utilizarem recompensas, o cão vai obedecer com prazer a qualquer um!

Usar a palavra “não” várias vezes
Não utilize a palavra “não” a todo o momento pois, além de deixar o animal confuso, vai perder a eficácia.

Dar bronca no momento errado
A bronca deve estar sempre associada ao comportamento errado e deve ser realizada assim que a ação ocorrer e não depois.

Dar atenção quando o cão faz algo errado
Não dê atenção quando o cão fizer algo errado porque na maioria das vezes, o animal está apenas querendo chamar a atenção. Não corra quando ele fizer algo errado, como por exemplo, pegar um objeto.

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Hoje: apresentação da franquia da Cão Cidadão em Curitiba

Foto: Fabiana Migueletto
Foto: Fabiana Migueletto

Hoje, dia 25 de maio, a equipe da Cão Cidadão estará em Curitiba (PR) para apresentar o seu modelo de franquia.

O evento, que terá início às 20h, é gratuito e voltado a todos os interessados em trabalhar com comportamento animal.

Para se tornar um franqueado Cão Cidadão, o candidato não precisa ter experiência prévia na área, mas é fundamental que tenha aptidão e muita vontade de aprender.

Os interessados passam por provas teóricas e práticas, e se aprovados, recebem treinamento.

Conheça o nosso modelo de negócio e se inscreva para a apresentação da franquia! Para participar, basta preencher esse formulário.

Mais informações em Eventos.

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Domingo é dia de Desafio Pet!

desafio-pet-save-the-dateNeste domingo, 8 de março, o especialista em comportamento animal, Alexandre Rossi, e a equipe de adestradores da Cão Cidadão vão apresentar o caso do Piauí no quadro Desafio Pet, do Programa da Eliana (SBT).

Piauí é um cão SRD que foi encontrado ainda filhotinho em um ponto de ônibus e adotado pela Sônia, atual tutora dele. Aos sete meses, ele começou a apresentar um comportamento agressivo, o que deixou a família bastante assustada. Ele chegou a atacar a neta, a filha e a própria Sônia, o que fez com que ele ficasse isolado no quintal da casa onde mora.

Assim que acionado, Alexandre sugeriu a castração de Piauí. O cachorro não aceitava a guia para ser levado ao veterinário e o cenário era tão perigoso que, mesmo com uma roupa de proteção e capacete, Alexandre ficou bastante assustado. “Diferentemente dos outros casos, ele queria atacar o meu rosto. Não tinha certeza de que a grade do capacete resistiria”, conta o especialista.

Será que o Alexandre e a equipe conseguiram ajudar o Piauí?

Não perca o desfecho dessa história neste domingo, 8 de março, a partir das 15h, no Programa Eliana (SBT).

 

 

Share and Enjoy !

0Shares
0 0