Adquira agora mesmo o curso para adestramento de gatos!

Desafio Pet: o caso de agressividade do Nego

desafio-petO especialista em comportamento animal Alexandre Rossi apresentou, neste domingo, 4 de outubro, como parte do quadro Desafio Pet , o caso do Nego – um cão SRD, de cinco anos, que desenvolveu um quadro de agressividade e ansiedade de separação, após sofrer um acidente.

Nego foi adotado pela Thaís e, durante cinco meses, com a ajuda de amigos e de doações, o cachorro passou por diversos tratamentos médicos e três cirurgias. Devido a grande quantidade de remédios e procedimentos dolorosos, o cão passou a relacionar a presença de outros humanos com as dores que sentia e foi aí que o problema começou.

O grau de agressividade era muito elevado. Nego chegou a morder 20 pessoas e até a própria dona foi vítima da hostilidade do cão. Apesar de não conseguir lidar mais com o comportamento descontrolado do cachorro, Thaís desistiu e então resolveu pedir ajuda.

Treinamento

Após exibir uma simulação de atropelamento com a Estopinha, assistente de Alexandre, e explicar que foi a partir do atropelamento que Nego começou a desenvolver essa agressividade e receio com humanos, o especialista realizou um treino intensivo com a ajuda da equipe Cão Cidadão.

Se você perdeu o programa da Eliana (SBT) deste domingo, 4 de outubro, pode conferir o resultado final clicando aqui.

 

Agende sua aula gratuita

Agende agora mesmo a sua aula gratuita (on-line ou presencial) com um de nossos adestradores!!

Como montar o enxoval do seu gatinho

Apesar de terem uma personalidade mais independente e, em geral, darem menos trabalho que os cães na infância, a chegada de um gatinho ao lar envolve várias providências e a compra de alguns itens para o seu conforto e bem-estar.

Ler mais »

Dicas para reduzir os latidos dos cães.

Latir faz parte da natureza canina. Ou seja, dificilmente o comportamento pode ser 100% extinto – e nem seria saudável! Por outro lado, latidos em excesso podem indicar que o bem-estar do pet está comprometido e/ou que a comunicação com ele está falhando.

Ler mais »

Seu cão sempre tenta fugir?

As principais causas que fazem um cão tentar fugir costumam ser o tédio e os instintos de caça e proteção. Existem ainda outros motivadores, como medo (de trovões e fogos, por exemplo), ansiedade de separação, desorientação e até mesmo uma fêmea no cio por perto, no caso dos machos.

Ler mais »

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NÃO VÁ AINDA!!

Agende agora mesmo uma primeira aula gratuita (on-line ou presencial) com um dos nossos adestradores!!