fbpx

Adquira agora mesmo o curso para adestramento de gatos!

Leve o gato para passear!

passeio-gato_internaSerá que os gatos devem passear, assim como os cães?

Sim!

Muitos donos acreditam que os gatos, por serem animais independentes, não precisam de passeio. Mas, isso não é verdade.

Os gatos, assim como os cães, também precisam se exercitar, pois o sedentarismos e a rotina podem deixá-los obesos – e isso não é nada bom para a saúde deles!

Como fazer o passeio?

Antes de começar o passeio, é essencial que o gato esteja vacinado, vermifugado e portando uma coleira elástica com a identificação e o número de telefone dos donos. Para começar o passeio de forma segura e tranquila, é preciso treinar alguns truques com o bichano, para evitar os arranhões.

Treinamento

Primeiro, para que ele vá se acostumando desde cedo com a prática, coloque a guia quando ele estiver se alimentando. Outra forma é vestir o peitoral no bichano e deixá-lo com o adereço passeando na casa. Faça esses treinamentos diariamente, para que ele vá se acostumando. Assim, ao colocar a guia e o peitoral, ele entenderá que isso é uma associação positiva e ficará mais à vontade para passear com o dono.

Local

No começo, para não assustar o gato, leve-o a lugares seguros e não tão movimentados. Dessa forma, ele se sentirá mais à vontade em seus passeios e, aos poucos, se acostumará. Depois, com o tempo, comece a levá-lo em locais novos, para que ele conheça outros ambientes e pessoas.

Tempo e ritmo

Vá com calma! O gato gosta de ir explorando os locais percorridos ao longo do caminho. Eles gostam de cheirar, parar e observar cada detalhe. Por isso, tenha calma com o bichano durante o passeio, já que o tempo dele pode não ser o mesmo que o do dono. Deixe-o conhecer o lugar por alguns minutos.

Confira aqui mais dicas e detalhes.

Agende sua aula gratuita

Agende agora mesmo a sua aula gratuita (on-line ou presencial) com um de nossos adestradores!!

Meu filhote é agressivo

É muito comum tutores de filhotinhos ficarem na dúvida se seus pets estão ficando muito agressivos. Embora não seja muito comum, existem casos em que os pets podem, sim, já manifestar agressividade desde novinhos por motivos diversos, como genética

Ler mais »

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NÃO VÁ AINDA!!

Agende agora mesmo uma primeira aula gratuita (on-line ou presencial) com um dos nossos adestradores!!

Junte-se a nós!

Estamos precisando de adestradores em São Paulo! Venha fazer parte do nosso time!