fbpx

Agende sua aula gratuita

Agende agora mesmo uma primeira aula gratuita (on-line ou presencial) com um dos nossos adestradores!!

Dicas para introduzir um novo pet ao grupo

Já tem um pet em casa e deseja adotar um novo para fazer companhia para ele? Sim? Antes de mais nada, é preciso ficar atento ao comportamento e ao temperamento do seu cachorro. Será que ele se dará bem com o segundo? E a bagunça que ele causa, será que diminuirá com a presença de um amigo para brincar?
Muitos proprietários se enganam ao achar que alguns problemas comportamentais se resolverão com a presença de outro pet. Se as causas desse comportamento não forem resolvidas, é até provável que exista o risco de os problemas duplicarem.

Dicas para introduzir um novo pet

  • Os primeiros contatos devem ser feitos com total segurança, tanto para os cães, quanto para as pessoas envolvidas.Procure sempre um ambiente neutro e, de preferência, muito agradável para ambos. Por exemplo, uma praça.
  • Faça aproximações gradativas e crie associações positivas, ou seja, estimule as brincadeiras, ofereça um petisco especial quando estiverem próximos ou se observando.
  • Respeite os limites dos pets e fique atento a qualquer mudança de comportamento durante a aproximação.

Você também pode contar com o suporte de um profissional de comportamento animal para fazer essa apresentação.

Agende sua aula gratuita

Agende agora mesmo a sua aula gratuita (on-line ou presencial) com um de nossos adestradores!!

Dicas para reduzir os latidos dos cães.

Latir faz parte da natureza canina. Ou seja, dificilmente o comportamento pode ser 100% extinto – e nem seria saudável! Por outro lado, latidos em excesso podem indicar que o bem-estar do pet está comprometido e/ou que a comunicação com ele está falhando.

Ler mais »

Regras para circular com os cães

Apesar de os cães fazerem a cada dia mais parte das famílias e sociedade brasileiras, existem algumas leis que regulam a circulação deles. Afinal, não é todo mundo que gosta de animais, e essas pessoas precisam ser respeitadas! Além disso, é importante sermos tutores conscientes para evitarmos acidentes.

Ler mais »

Seu cão sempre tenta fugir?

As principais causas que fazem um cão tentar fugir costumam ser o tédio e os instintos de caça e proteção. Existem ainda outros motivadores, como medo (de trovões e fogos, por exemplo), ansiedade de separação, desorientação e até mesmo uma fêmea no cio por perto, no caso dos machos.

Ler mais »

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

NÃO VÁ AINDA!!

Agende agora mesmo uma primeira aula gratuita (on-line ou presencial) com um dos nossos adestradores!!