fbpx

Adquira agora mesmo o curso para adestramento de gatos!

Como lidar com cães hiperativos?

hiperativos_internaÉ difícil definir se um cão é hiperativo. Filhotes, de forma geral, têm mais energia do que cães mais velhos, destroem móveis, pulam nas pessoas, latem bastante, mas isso não significa que eles sejam hiperativos.

Geralmente, os cães hiperativos apresentam comportamentos acelerados, tentam chamar a atenção com frequência e os proprietários não sabem como lidar com essa situação.

A hiperatividade também pode estar relacionada a alguma alergia alimentar ou alterações no organismo, por isso, antes de tudo, é preciso avaliar se a saúde do animal está em dia.

Educação

Cães hiperativos precisam ser muito bem educados, para aprenderem a controlar esse comportamento e a ansiedade. Procure oferecer muitos brinquedos ao bichinho, além de uma rotina com atividades físicas, como passeios e treinamentos.

Confira mais dicas em Artigos.

Agende sua aula gratuita

Agende agora mesmo a sua aula gratuita (on-line ou presencial) com um de nossos adestradores!!

Seu cão sempre tenta fugir?

As principais causas que fazem um cão tentar fugir costumam ser o tédio e os instintos de caça e proteção. Existem ainda outros motivadores, como medo (de trovões e fogos, por exemplo), ansiedade de separação, desorientação e até mesmo uma fêmea no cio por perto, no caso dos machos.

Ler mais »

Como organizar a rotina do pet

Você sabe como organizar as atividades para proporcionar bem-estar ao pet e garantir que ele tenha tudo que ele necessita? Para começar, é importante saber que ter uma rotina beneficia muito os cães! Mas não existe um cronograma padrão para todos eles, o que importa é conseguir, na maior parte dos dias, seguir certos horários e promover os estímulos necessários para os pets. Para ajudar, separamos a seguir as principais necessidades da espécie canina:

Ler mais »

Dicas para reduzir os latidos dos cães.

Latir faz parte da natureza canina. Ou seja, dificilmente o comportamento pode ser 100% extinto – e nem seria saudável! Por outro lado, latidos em excesso podem indicar que o bem-estar do pet está comprometido e/ou que a comunicação com ele está falhando.

Ler mais »

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NÃO VÁ AINDA!!

Agende agora mesmo uma primeira aula gratuita (on-line ou presencial) com um dos nossos adestradores!!

Junte-se a nós!

Estamos precisando de adestradores em São Paulo! Venha fazer parte do nosso time!