Passeio para gatos: qual é a importância?

passeio-gatoJá levou seu gato para passear hoje? Ainda não? Muitos donos, por acharem que o bichano é independente, podem não saber que eles também precisam de passeio e que isso deve ser feito regularmente. Os gatos são animais que gostam de conhecer e desvendar novos lugares, e precisam ser estimulados para isso.

Cuidados

Antes de levar o gato para passear, acostume-o a usar a peitoral e a guia dentro de casa ou em um ambiente que esteja acostumado. Procure deixá-lo com a peitoral, por exemplo, enquanto ele come ou brinca, e vá aumentando aos poucos o tempo de uso do acessório.

É importante que o gato também goste da caixa de transporte. Para estimulá-lo a entrar nela, coloque petiscos gostosos dentro. Deixe-a em lugares que ele goste de ficar.

Primeiros passeios

Uma dica é levar o gato para um ambiente fechado e totalmente seguro para ele. Por exemplo, ao apartamento de um amigo que não tenha outros animais de estimação.

Leve sempre o gato na caixinha de transporte. Coloque-a em um canto e abra a portinha. Não force o gato a sair. Se desejar, estimule-o com um petisco, brinquedo ou fale carinhosamente com ele.

Enquanto ele preferir ficar dentro da caixinha, ele estará se acostumando com os cheiros, barulhos e a movimentação do lugar.

Novos lugares

Procure avaliar o comportamento do seu gato durante o passeio. Normalmente, quando ele estiver estressado, não se interessará por alimento, água, carinho ou brincadeiras. Também evitará fazer as necessidades. Se ele estiver interessado em petiscos, brincando e gostando de receber carinho é quase uma garantia de não estar estressado – provavelmente o passeio está fazendo bem para ele!

Agora que já demos algumas dicas, que tal levar o bichano para passear?

Como lidar com cães hiperativos?

hiperativos_internaÉ difícil definir se um cão é hiperativo. Filhotes, de forma geral, têm mais energia do que cães mais velhos, destroem móveis, pulam nas pessoas, latem bastante, mas isso não significa que eles sejam hiperativos.

Geralmente, os cães hiperativos apresentam comportamentos acelerados, tentam chamar a atenção com frequência e os proprietários não sabem como lidar com essa situação.

A hiperatividade também pode estar relacionada a alguma alergia alimentar ou alterações no organismo, por isso, antes de tudo, é preciso avaliar se a saúde do animal está em dia.

Educação

Cães hiperativos precisam ser muito bem educados, para aprenderem a controlar esse comportamento e a ansiedade. Procure oferecer muitos brinquedos ao bichinho, além de uma rotina com atividades físicas, como passeios e treinamentos.

Confira mais dicas em Artigos.

NÃO VÁ AINDA!!

Agende agora mesmo uma primeira aula gratuita (on-line ou presencial) com um dos nossos adestradores!!