Adestramento: ignorar pode ser a melhor solução

Photo credit: Giuseppe Bognanni / Foter / CC BY
Photo credit: Giuseppe Bognanni / Foter / CC BY

Por Malu Araújo, adestradora e consultora comportamental da equipe Cão Cidadão. 

O cachorro gosta muito do contato com as pessoas e está sempre tentando ser notado: ele pula quando chegamos em casa para dizer olá, late quando quer alguma coisa, busca brinquedos e até mesmo pega algum objeto que não é permitido. E, por que o cachorro faz essas coisas? Na verdade, alguns desses comportamentos somos nós mesmos que ensinamos, mesmo que sem querer.

Por exemplo, quando o cachorro é filhotinho e bem pequeno. Ao nos aproximamos, até o incentivamos a pular nas nossas pernas, para ficar mais fácil fazer carinho. Quando o cachorro pega algum objeto que não é dele, imediatamente paramos de fazer o que quer que seja para corrermos atrás dele e retirar o objeto são e salvo da boca dele. Mas, aí que está o perigo: o cachorro está sendo recompensado em todas as situações! Ele conseguiu ter atenção dos donos e, na maior parte desses comportamentos, o melhor remédio mesmo é ignorar.

Vamos usar o exemplo de pular nas pessoas. Se o cachorro pula e nós nos viramos de costas ou continuamos andando, ele vai perceber que não ganhou a nossa atenção, muito pelo contrário, perdeu a recompensa! O certo é ensiná-lo a sentar e fazer um carinho, elogiar sempre que ele estiver nessa posição.

Agora o outro exemplo: quando o cachorro pega um brinquedo dele, a maioria das pessoas tem o seguinte pensamento: “vou aproveitar que ele está quietinho com o brinquedo e terminar de fazer minhas coisas”. Ou seja, o dono ignora o cão e, quando ele pega um objeto que não é dele, o dono para de fazer o que está fazendo para buscar aquilo. Com isso, o cachorro percebe que ganha atenção e, por isso, continua pegando o que não pode. Então, o correto é sempre elogiar e brincar com o cachorro quando ele pega a bolinha ou está roendo o osso, jogar o brinquedo quando ele o traz nós, pois, assim, ele vai entender que é notado ao fazer o que é certo.

O latido também diminui muito quando ignorado. Normalmente, os donos não querem causar nenhum incomodo aos vizinhos e, quando o cão late para abrir alguma porta ou quando quer alguma coisa, o dono atende prontamente. A melhor forma de lidar com os latidos é mostrar que ele será recompensado quando se comportar da maneira esperada, então, ensine-o a sentar e esperar para abrir um porta, ofereça um petisco sempre que ele ficar quieto esperando você terminar seu almoço.

Todo o comportamento que é recompensado tende a se repetir mais vezes, quando ele é ignorado, diminui a frequência!

Fonte: PetShop Magazine.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn