Próximas palestras da Cão Cidadão na Petz

https://www.flickr.com/photos/edalorzo/2276452832/
https://www.flickr.com/photos/edalorzo/2276452832/

Se você anda tendo problemas com o seu animal de estimação e precisa de um ‘help’, essa é a hora de ficar ligado nas próximas palestras que a Cão Cidadão, em parceria com a Petz, oferecerá em São Paulo de forma gratuita para tutores, amantes dos animais e profissionais da área.

São dicas e orientações para melhorar a convivência com o seu bichinho, e entender um pouco mais sobre o universo pet.

Para participar, não é necessária a inscrição prévia. Apenas a sua presença e a do seu mascote.

Confira as datas e os locais em que a Cão Cidadão estará em junho e julho:

Tema: Agressividade
Data: 11 de junho
Local: PETZ Marginal
Horário: 17h

Tema: Bagunça e destruição
Data: 25 de junho
Local: PETZ Anália Franco
Horário: 17h

Tema: Medos e fobias
Data: 2 de julho
Local: PETZ Marginal
Horário: 17h

Tema: Problemas alimentares
Data: 23 de julho
Local: PETZ Imigrantes
Horário: 17h

Dicas para facilitar o aprendizado de comandos

https://www.flickr.com/photos/jimwinstead/1322799967/
https://www.flickr.com/photos/jimwinstead/1322799967/

Os comandos são ferramentas muito eficazes para melhorar a convivência com o pet. Além disso, treinar o seu cão é uma forma de se aproximar dele e garantir que vocês estejam em sintonia.

Muitos pensam que ensinar esse tipo de “truque” é muito difícil e, por esse motivo, acabam desistindo e perdendo uma boa oportunidade de passar um tempinho extra com o pet, realizando uma atividade divertida e estimulante para ambos.

Os comandos são fáceis de ensinar e podem te ajudar (e muito) no dia a dia com o cachorro. Abaixo, você confere algumas dicas para facilitar o processo de aprendizagem do seu pet. Confira!

Simplicidade é o caminho para o sucesso

Os cães são animais que estão aprendendo em todos os momentos. Para ensinar os comandos, não existe muito segredo, mas uma boa dica é começar pelos comandos mais simples, como um primeiro passo.

Um bom exemplo para esse início é o comando “senta”. Neste artigo, você confere dicas de como educar o seu pet de maneira mais fácil e divertida.

Comportamento antes do comando

Antes de utilizar o comando oral (senta, deita, fica), é necessário capturar o comportamento desejado. Para isso, deve-se induzir o cão a realizar tal comportamento, de maneira natural e sem causar nenhum desconforto. Isso deve ser feito para que o pet evite relacionar o comportamento desejado com alguma situação desconfortável, que venha a prejudicar o aprendizado.

Ao utilizarmos a palavra antes que o cão tenha aprendido a repetir o comportamento, acabamos reforçando a associação do comando à ansiedade e incertezas, pois o animal ainda não entende que você espera dele.

Depois de capturar o comportamento e o pet estiver sentando sistematicamente, toda vez que você erguer uma recompensa ou fizer o gesto que corresponda ao comportamento, você pode começar a relacionar o comando oral ao ato de sentar.

Repetição

O sucesso do adestramento depende da frequência em que ele é realizado. Treinar os comandos uma vez por mês não fará com que o seu cão aprenda a realizá-los.

A repetição e a frequência são peças-chave para o real aprendizado, pois os cachorros são animais que aprendem rapidamente, mas que precisam de incentivos regulares.

Faça um planejamento, separando alguns dias da semana para realizar o treinamento e seja consistente. Assim, seu cãozinho entenderá mais rapidamente o que você espera dele e o progresso será rápido e satisfatório.

Adestrador de Cães, uma profissão de respeito

dicas_interna_adestradordecaes

 

O Brasil abriga a segunda maior população de cães e gatos, de acordo com a Abinpet (Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação), somente perdendo para os Estados Unidos.

Logo, podemos perceber que o setor PET só tende a crescer ao longo dos anos. Sendo assim, o mercado precisará cada vez mais de profissionais habilitados, sejam veterinários, adestradores de cães e afins.

Para se tornar um adestrador de cães, precisa-se se preparar por meio de cursos, e não menos importante, pesquisar pelas instituições referências que serão capazes de contribuir para o aprendizado do profissional.

Um curso muito relevante é o CONOEC, onde você terá cursos e palestras com os maiores adestradores do mundo. Neste curso, o aluno entrará em contato com algumas disciplinas, como: equipamentos tradicionais e novidades do setor, agressividades, atividades, comando por reforço, entre outras.

O perfil de um adestrador de cães precisa-se, antes de qualquer coisa, gostar de lidar com animais, pois este é o principio básico para se tornar um ótimo profissional. Ser organizado, destemido, disciplinado e perseverante, pois o trabalho é difícil e nem sempre o resultado será imediato.

Um adestrador de cães pode trabalhar como auxiliar de veterinário ou, se preferir, de forma particular. Esse tipo de serviço está cada vez mais solicitado, mesmo porque a população de cães só tende a aumentar ao longo dos anos.

NÃO VÁ AINDA!!

Agende agora mesmo uma primeira aula gratuita (on-line ou presencial) com um dos nossos adestradores!!