Zika vírus e dengue: você também pode ajudar nesta luta!

dicas_interna_cuidadozica

Ano após ano, a luta contra a dengue cresce ainda mais. Em 2015, com o zika vírus, o combate ao mosquito Aedes aegypti ganhou ainda mais força. De acordo com o Ministério da Saúde, mais de 500 mil brasileiros foram afetados pelo vírus Zika neste ano, se considerarem a estimativa mais otimista. Já o Protocolo de Vigilância e Resposta à Microcefalia e ao Zika, que foi divulgado recentemente, informou que mais de 1,4 milhão de pessoas já teriam sido afetadas pela doença.

Os sintomas do Zika vírus incluem febre, dor nas articulações e músculos, conjuntivite e manchas vermelhas na pele. Geralmente, esses sintomas surgem 10 dias após a picada. Em grávidas, o problema é apontado como responsável por casos de microcefalia – quando o bebê nasce com a circunferência cefálica menor do que a padrão.

Como ajudar nesta luta?

Você também pode contribuir com o combate ao Aedes aegypti. Quando se tem um animal de estimação em casa, é natural deixar espalhado pela casa potes de água para ele se refrescar. Redobre os cuidados, uma vez que a reprodução do mosquito ocorre em água parada!

– Troque a água do pet diariamente.

– Lave os recipientes do amigo com escova ou bucha, para ficaram bem higienizados.

– Brinquedos soltos pelo quintal, como aquela garrafa pet furada, usada para dispensar ração e petiscos, também podem se tornar criadores. Fique atento!

Procure acabar com qualquer foco de água parada em sua casa. Se todos fizerem a sua parte, o perigo pode ser evitado!

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn