Dicas para deixar o passeio com o pet mais divertido

dicas_interna_passeio_divertido_com_o_pet

O cão que passeia regularmente, frequentando parques, praças e ruas, tem a oportunidade de encontrar outros amigos, tornando-se cada vez mais sociável, recebe diversos estímulos e, ainda, coloca os seus instintos em ação.

Aproveite essas dicas para tornar as voltinhas mais prazerosas e tranquilas!

1. Conduza o seu pet sempre pela guia. Não é totalmente seguro deixá-lo solto.

2. Use uma placa de identificação no seu amigão. Qualquer descuido poderá resultar em uma fuga.

3. Leve água e petiscos para o pet. É importante que ele esteja sempre hidratado e que receba recompensas pelo bom comportamento.

4. Cuidado com os horários em que você costuma sair de casa para o passeio. Lembre-se de que cães não usam sapatos e as suas patas podem sofrer queimaduras em função do asfalto quente.

5. Leve os brinquedos que ele mais gosta e tire um tempinho para parar no parque e realizar brincadeiras com o seu cãozinho. Assim, ele poderá interagir com outros animais e se divertir com os seus objetos favoritos.

Agora é só aproveitar o ar livre para se divertir com seu mascote. Boa sorte!

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Acostume seu gato com a coleira

Photo credit: eirikso / Foter / CC BY-SA
Photo credit: eirikso / Foter / CC BY-SA

A coleira, acessório mais frequentemente visto em cães, também pode ser usada em gatos. Você sabia disso? No início, pode até parecer estranho, mas com paciência e carinho, você poderá ensinar o bichano a usá-la também.

Hoje, existem diversos modelos de coleiras para gatos no mercado. Para passeios, as mais recomendadas são as peitorais ou as que possuem formato de colete, porque são mais seguras e confortáveis para esse tipo de atividade. A coleira de pescoço deve ser usada junto com a medalhinha de identificação.

Você pode treinar seu gatinho e acostumá-lo a usar o acessório. “Para isso, cada etapa deve ser seguida de forma gradual, até que ele esteja muito à vontade com a situação. Repita várias vezes o treinamento e sempre recompense o gatinho com um petisco que ele goste muito a cada progresso, mas sem jamais forçá-lo a fazer algo que ele não queira. Se ele mostrar algum desconforto, pare o treino e recomece em outro momento”, diz Thais Oliveira, adestradora da equipe Cão Cidadão.

Passo a passo

Primeiro, você deve habituar seu gatinho à manipulação, para assim fazer com que ele aceite colocar a coleira. Por exemplo, antes de fechar o acessório, deixe-o apenas colocar e tirar a cabeça várias vezes, e recompense.

Depois, coloque a coleira inteira e o alimente ou brinque, para que o animal comece a associar a coleira a coisas boas. Feito isso, o treino de passeio com a guia deve ser feito inicialmente dentro de casa.

Mesmo após ter seguido esses passos, pode ser que o gato não se adapte ao treino ou ao hábito de passear de coleira. Se o animal for muito medroso ou arisco, ele pode não gostar do passeio na rua devido à quantidade de estímulos, o que pode deixá-lo ainda mais estressado. Nesse caso, fazer muito enriquecimento em casa pode ser a melhor opção para ele.

No entanto, com paciência, você pode e deve ir acostumando ele a situações diferentes. No começo, você pode mantê-lo dentro de uma caixa de transporte, para ele se sentir mais seguro, em um local mais calmo, sempre recompensando.

Share and Enjoy !

0Shares
0 0