Saiba como lidar com seu cão bagunceiro

Photo credit: gomagoti / Foter / CC BY-SA
Photo credit: gomagoti / Foter / CC BY-SA

Se você tem um cachorrinho bagunceiro em casa e não sabe o que fazer para acalmar os ânimos dele, é importante se atentar aos hábitos que possam ajudar na mudança de comportamento.

Segundo o especialista em comportamento animal, Alexandre Rossi, para lidar com a ansiedade do bichinho, você deve tirar do alcance dele objetos que atraiam a atenção e que, eventualmente, possam ter seu cheiro. Isso deve ser feito principalmente na fase em que eles são filhotes e ainda estão aprendendo as coisas.

Em contrapartida, você deve deixar o seu cheiro nos brinquedos, para que ele morda esses objetos quando se sentir carente. É importante também que ele tenha uma ampla variedade de brinquedos, para prender a atenção por mais tempo. Tudo isso fará com que ele se sinta mais próximo de você e se esqueça da decoração da casa.

Quando você estiver em casa, aproveite o tempo livre para brincar com seu pet e também faça passeios mais frequentes. Assim, isso fará com que ele aprenda a se divertir sozinho, quando você não estiver por perto.

Quando ele estiver com um objeto proibido, ignore a ação e nunca corra atrás dele por causa disso. Se fizer isso, ele pode entender que esse é um comportamento adequado e repetir esse comportamento errado mais vezes, para obter a sua atenção.

Assista o vídeo “O bagunceiro” e confira outras dicas.

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Como evitar a destruição de objetos

Photo credit: Mackenzie Black / Foter / CC BY
Photo credit: Mackenzie Black / Foter / CC BY

Por Malu Araújo é adestradora e consultora de comportamento da Cão Cidadão.

A lista é infinita, e esse comportamento não é só uma “reclamação” porque o dono saiu de casa e o deixou sozinho. O real motivo da destruição de objetos é a falta de atividade.

Na natureza, os cachorros gastariam a maior parte do tempo em busca de alimentos, abrigo, água etc. Se você pensar na vida dos humanos, não é muito diferente. Nós passamos um bom tempo do dia trabalhando, dirigindo, falando com pessoas, usando a internet, o telefone, lendo livros, enfim, nosso dia a dia é bem cheio. Quando o cachorro fica em casa e não tem o que fazer, ou melhor, não tem atividade monitorada, ele apronta mesmo. Na verdade, ele cria seus brinquedos e atividades escalando a pia, roubando roupas do varal etc.

Muitas pessoas devem estar justificando: “mas ele tem mais de 10 brinquedos, por que ele não brinca?”. Na verdade, alguns até brincam com esses brinquedos, mas, por pouco tempo, não o suficiente para se distrair e gastar a energia necessária. Outro motivo é que a maioria desses brinquedos é imóvel, não oferece uma disputa ou dificuldade. O que pode ajudar a deixá-los mais interessantes é fazer um rodízio entre eles: guardar alguns por uns dias e, depois, oferecer.

Então, por que a destruição de objetos?

Porque nós manuseamos essas coisas e elas têm o nosso cheiro. Mais uma dica é brincar com os brinquedos dele: pegar, jogar e mexer mesmo, para deixá-los um pouco mais com o cheiro do dono.

Outro fator muito importante é que eles gostam de desafio, gostam de se exercitar, por isso, subir na mesa é tão legal, ou abrir e revirar o lixo. Os brinquedos de enriquecimento ambiental são os mais indicados quando deixamos o nosso cão muito tempo sozinho. Hoje, existem diversas opções de brinquedos que liberam comida, mas também podemos criar em casa mesmo. A garrafa pet, com furinhos, é um bom exemplo.

Mas, seja brinquedo comprado ou com a utilização de recicláveis, sempre supervisione a brincadeira nos primeiros dias, para evitar que o cachorro quebre e engula partes do objeto. É importante essa supervisão, que além de garantir a segurança dele, o ato de estimulá-lo, de elogiar, e até ensinar como se brinca, vai fazer com que ele se lembre de você enquanto estiver usando os brinquedos, pois vocês passaram um tempo juntos.

Para completar, um bom passeio é indispensável. Cachorro cansado é mais comportado.

Fonte: PetShop Magazine.

Share and Enjoy !

0Shares
0 0