Cão preto desenvolve vitiligo e fica branco

Buster, um labrador preto de 4 anos de Oklahoma, EUA, passou por uma transformação impressionante ao desenvolver vitiligo, uma condição rara em cães que causa perda de pigmentação na pele e nos pelos. Inicialmente com pelo preto, Buster ficou completamente branco dois anos após o diagnóstico. 

Seu tutor, Matt Smith, observou as primeiras manchas brancas ao redor da boca e do queixo de Buster, que gradualmente se espalharam por todo o corpo. Segundo Matt, houve um momento em que Buster ficou careca em algumas áreas antes de seu pelo crescer novamente, dessa vez branco. 

O vitiligo, que também afeta humanos, é uma doença autoimune ou hereditária que destrói as células produtoras de melanina, levando à despigmentação. É mais comum em raças como Rottweiler, Dachshund e Pastor Alemão 

Apesar de causar uma mudança estética, o vitiligo não costuma ser doloroso e afetar de forma significativa a saúde geral dos cães. Também não tem tratamento, mas é importante procurar um veterinário para um diagnóstico preciso ao notar manchas brancas no seu pet.

3 dicas pra ter um pet mais educado

No dia 28 de abril foi comemorado o Dia Mundial da Educação, uma oportunidade para destacar a importância do acesso ao conhecimento e ao aprendizado contínuo em nossas vidas.

E essa reflexão não se limita apenas aos seres humanos, mas se estende aos nossos animais de estimação! Educar um pet vai além de ensinar truques; envolve compreender seu comportamento e necessidades, garantindo uma convivência harmoniosa e responsável. Então, confira a seguir 3 dicas simples para ter um pet mais educado.

1) Estabeleça regras claras: seja em relação à alimentação, onde ele pode acessar, passeios, brincadeiras ou comportamentos específicos, é importante estabelecer as regras claras e coerentes.

2) Recompense seu pet pelos bons comportamentos: quando ele se comporta, é importante recompensá-lo com um petisco, um elogio ou um carinho. Isso vai ajudar a fixar o comportamento desejado e incentivá-los a repetir.

3) Tire uns minutos para treinar comandos diariamente: pode ser durante as brincadeiras, nos passeios ou em momentos específicos de treinamento. Com dedicação e paciência, o seu pet vai aprender e se tornar cada vez mais educado.

E uma dica extra: você não precisa fazer tudo sozinho. Contar com a experiência de profissionais especializados pode ser um grande diferencial. A equipe do Dr Pet, a Cão Cidadão, está pronta para ajudar! Acesse www.caocidadao.com.br

NÃO VÁ AINDA!!

Agende agora mesmo uma primeira avaliação gratuita com orientações (on-line ou presencial) com um dos nossos adestradores!!