Medo do veterinário: como agir?

dicas_medo_de_veterinario
Photo credit: golbenge (골뱅이) / Foter / CC BY-SA

O seu cãozinho não pode nem pensar em ir no veterinário que já começa a se tremer todo de medo? Ele não é o único! Muitos cães têm medo do veterinário, do “homem de jaleco branco”. Mas, sabia que é possível mudar esse comportamento? Sim, com algumas dicas você conseguirá minimizar o sofrimento do seu pet.

O que fazer?

Primeiro, é preciso acostumar o cãozinho com o veterinário e a ser manejado durante as consultas. Na primeira visita dele, você pode tentar deixá-lo calmo, proporcionando momentos agradáveis. Ofereça carinhos e petiscos, e se possível, peça para que o veterinário participe da brincadeira. A massagem é uma excelente aliada do médico veterinário. Cães e gatos que estão acostumados a ter contato físico, ao serem apalpados, vão sentir que o exame que o veterinário está fazendo é parte de um exercício que eles já conhecem. Ensinar comandos para o pet pode fazer com que a consulta aconteça sem estresse. O “fingir de morto”, que é se deitar na posição lateral, é um comando de controle de ansiedade, mas que também pode ser usado para que o cachorro permaneça dessa forma sozinho, sem ter que ser forçado a se deitar, o que evita que ele fique com medo e até nervoso. Lembre-se: o importante é tentar deixar o animal o mais confortável possível e amigo do médico veterinário!

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn