Para continuar habilite o JavaScript






Pets x árvore de Natal: é possível ter uma convivência tranquila?

cachorro-arvore-natal

Photo credit: FreeWine / Foter / CC BY

Árvore de Natal é um item indispensável para quem gosta de enfeitar a casa nesta época do ano. Luzes, bolas, presentes e muitos outros acessórios a deixam linda e radiante. Quem tem um pet em casa sabe que a árvore chama atenção também dos animais de estimação, principalmente, dos cães e gatos que, muitas vezes, no intuito de brincar, acabam “destruindo” a árvore, podendo até se machucar.

A adestradora da equipe Cão Cidadão, Laraue Motta, explica que a árvore de Natal chama tanta a atenção dos pets por que é algo diferente, que “surge” no ambiente em que eles estão acostumados. Mas, segundo a adestradora, é possível que o pet conviva bem com a árvore de Natal: basta os donos tomarem alguns cuidados!

Conhecendo a árvore de Natal

– Ao montar a árvore, se possível, deixe que o pet a cheire, conheça e explore o que está se sendo montado. Isso ajudará a diminuir a curiosidade que ele sente.

– Se o animal conhece o significado do “não”, o dono pode usá-lo quando ele demonstrar que quer pegar algum enfeite, e recompensar com um petisco se ele desistir de pegar.

– Para os cãezinhos mais insistentes, uma alternativa é aplicar repelente olfativo (específico para cães, encontrado em pet shops), para que o animal não se aproxime da árvore.

– No caso de cães mais bagunceiros, o proprietário pode optar por uma árvore que possa ficar em cima de uma mesinha ou móvel, fazendo com que o cão não a alcance.

Posso brincar?

Laraue conta que “uma vez que o pet descubre que consegue roubar um enfeite, será difícil ele não querer brincar com ele. Sendo assim, o ideal é que o enfeite seja colocado de forma segura, amarrado firmemente, para que o animal não consiga retirá-lo da árvore e se desinteresse da brincadeira.”

A adestradora completa dizendo que “é importante que o proprietário tenha em mente que, para o animal, a árvore de Natal pode parecer uma loja de brinquedos e que, muitas vezes, vai ser difícil o pet se controlar para não pegar nenhum. Uma dica é escolher enfeites com menos riscos de machucar o animal, deixando de lado, por exemplo, as bolinhas de vidro”, finaliza.

Minimum 6 characters

Receba dicas e novidades

No seu e-mail!




Navegue pelo site