Da casa ao apartamento: como acostumar o cão ao novo lar?

Photo credit: h3nr0 / Foter / CC BY
Photo credit: h3nr0 / Foter / CC BY

Mudanças nunca são fáceis: separa daqui, encaixota dali. Essa fase de transição pode ser bastante estressante para os humanos e, também, para os animais de estimação. Quando eles saem de uma casa, que geralmente possui um espaço maior para interação e diversão, e vão morar em um apartamento, a adaptação pode exigir ainda mais cuidados.

Alguns cães podem se sentir perdidos, sem entender o que está acontecendo, pois perdem as referências que tinham do antigo lar. É comum eles estranharem o ambiente e não saberem em quais locais eles devem brincar, descansar, comer, dormir e fazer as necessidades.

De acordo com a adestradora da Cão Cidadão, Joilva Duarte, é preciso ter muita paciência nesse momento. “Refaça os treinos e relacione os comandos a algo agradável ou apetitoso, como um carinho ou petisco. Tenha muita sensibilidade para perceber as reações do seu cão e dê recompensas. Essa fase exige muito cuidado, justamente para não deixá-lo traumatizado”, explica.

O período de adaptação não segue um padrão e pode variar conforme o animal. O tempo que o dono tem disponível para treinar o bichinho, por exemplo, pode fazer toda a diferença: quanto mais dedicação e companheirismo você tiver com seu cãozinho, mais rápido ele se sentira “em casa”.

O elevador também pode causar estranhamento no pet. Nesse caso, Joilva recomenda uma ação de integração. “Enquanto estiver aguardando a chegada do elevador, vá falando com ele e oferecendo petiscos. Se ele travar na porta, não force a entrada. Entre você primeiro e o convença a acompanhá-lo, mostrando que é uma situação normal. Quando ele entrar, elogie e ofereça mais um petisco”, aconselha.

Dicas de atividades para os cães

– O cachorro que mora em apartamento deve ter uma rotina de atividades. Uma boa sugestão é tornar os passeios frequentes. Além desse exercício ser ótimo para a saúde do bichinho (e do dono também), é um excelente estímulo mental para o amigo.

– Invista no enriquecimento ambiental! Ofereça ao pet brinquedos, com opções variadas de formatos e texturas. Não o deixe cair no tédio!

 

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn