fbpx

Agende sua aula gratuita

Agende agora mesmo uma primeira aula gratuita (on-line ou presencial) com um dos nossos adestradores!!

Compulsividade canina: como lidar com o problema?

lidando-com-compulsao_internaA compulsão é uma das causas mais comuns de problemas comportamentais nos pets. Entre os sintomas, estão: perseguir a própria cauda, latir sem parar, arrancar parte da pelagem e morder as patinhas até machucar.

Mas, por que isso acontece? Todo o cãozinho precisa de espaço, deve passear para interagir com outros cães e pessoas que passam pela rua, mas, ao ficarem trancados em casa ou em um apartamento, o nível de atividade que eles fazem diminui e isso resulta em manias que podem fazer mal para a saúde do mascote.

Raio-X

Causas
Além de predisposição herdada, em geral, por um desequilíbrio químico dos neurotransmissores do cérebro, o comportamento compulsivo também pode estar associado ao estresse e à ansiedade, provocados pelo ambiente onde o animal vive e pelas relações que os humanos têm com ele. Por exemplo, um cão ativo ficará ansioso se for confinado em espaço pequeno demais e com poucos estímulos. Para gastar a energia acumulada, ele poderá começar a andar em círculos, lamber as patas e latir.

Ambiente adequado
Procure criar condições para o animal gastar tempo e energia, de acordo com as necessidades de espaço, atividade e companhia típicas da espécie a qual ele pertence. Não o deixe sozinho por longos períodos, se ele for muito sociável, por exemplo.

Cuidado com mudanças bruscas
O incômodo de enfrentar mudanças será menor se o pet for habituado desde filhote a diversos ambientes, situações, pessoas e animais. Essa sociabilização deve ser feita sempre de maneira gradativa, sem mudanças bruscas.

Confira mais dicas em Artigos.

Agende sua aula gratuita

Agende agora mesmo a sua aula gratuita (on-line ou presencial) com um de nossos adestradores!!

Como entreter o pet no home office

Fazer home office pode ser um desafio para quem tem um ou mais cães em casa. Afinal, a maioria dos pets está acostumada a ter a nossa presença por mais tempo aos finais de semana, quando podemos dar bastante atenção e carinho a eles.

Ler mais »

Seu cão sempre tenta fugir?

As principais causas que fazem um cão tentar fugir costumam ser o tédio e os instintos de caça e proteção. Existem ainda outros motivadores, como medo (de trovões e fogos, por exemplo), ansiedade de separação, desorientação e até mesmo uma fêmea no cio por perto, no caso dos machos.

Ler mais »

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NÃO VÁ AINDA!!

Agende agora mesmo uma primeira aula gratuita (on-line ou presencial) com um dos nossos adestradores!!