Como reduzir a ansiedade de separação

Photo credit: angela n. / Foter / CC BY
Photo credit: angela n. / Foter / CC BY

Atualmente, a ansiedade de separação é um problema que acomete muitos cães nas grandes cidades, justamente porque eles passam muito tempo sozinhos em casas ou apartamentos, devido à rotina agitada dos donos.

O animal pode desenvolver hábitos ruins, como uivar ou latir sem parar, arranhar portas, destruir móveis, ter hipersalivação, ficar apático, fazer necessidades em locais inadequados, parar de comer e até se mutilar quando são deixados sozinhos.

Muitas vezes, esse comportamento é agravado pelo próprio dono, que também sofre toda vez que precisa se separar do seu bichinho. Por isso, é muito importante evitar longas despedidas e chegadas muito animadas, e agir normalmente.

O que fazer?

Para ajudar seu cãozinho nesse momento difícil, você pode investir em enriquecimento ambiental para entretê-lo durante horas. Deixe roupas ou panos com o seu cheiro, ofereça brinquedos que o distrairão por horas, esconda ração ou petiscos pela casa, para que ele possa farejar, etc.

Outra dica é praticar atividades físicas com o cão antes do período em que ele for ficar sozinho. Longos passeios, idas ao parque e brincar um pouco de bolinha com ele vão ajudá-lo a gastar energia e, possivelmente, ele vai preferir descansar durante a sua ausência.

Outra opção é dar sinais de que uma saída está próxima sem que ela realmente ocorra. Pegue, por exemplo, a bolsa e as chaves do carro, coloque o sapato, mas não saia de casa. Volte e guarde tudo, agindo naturalmente, como se nada tivesse acontecido. A repetição dessa ação faz com que o cão não associe os sinais de saída com o dono indo embora, e comece a ficar mais tranquilo.

Se o grau de ansiedade de separação for muito alto, recomenda-se consultar um especialista em comportamento canino. Já conhece os serviços de adestramento em domicílio e consultas de comportamento da Cão Cidadão? Confira aqui!

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn