Bicho de estimação de presente: o que é preciso saber

Crédito da foto: https://www.flickr.com/photos/68397968@N07/11179459385
Crédito da foto: https://www.flickr.com/photos/68397968@N07/11179459385

Uma pesquisa divulgada pela COMAC com 1.204 donos de cães e gatos, de oito cidades do país, apontou um dado curioso: 37,5% dos tutores de cães entrevistados disseram que ganharam o animal de presente.

Antes de tomar a decisão de presentear alguém com um pet, é importante saber que esse “mimo” envolve muitas responsabilidades. Não estamos falando de um objeto, mas sim de uma vida, que precisará de alimentação adequada, cuidados médicos e muito carinho.

“É importante lembrar que os pets precisam de cuidados, atenção e tutores responsáveis durante toda a sua vida”, reforça Oliver So, adestrador da Cão Cidadão.

Dessa forma, essa decisão não deve ser tomada por impulso. É preciso, antes de tudo, analisar cuidadosamente essa escolha, pois é imprescindível que todos estejam de acordo e queiram cuidar do bichinho.

Veja, a seguir, algumas questões que devem ser consideradas antes de tomar a decisão:

– Qual a espécie de pet se encaixa no estilo de vida do presenteado?

– Quantos anos, em média, vive esse pet?

– Quem ficará responsável pelo animal tem condições de cuidar dele? (Atenção: a responsabilidade de cuidar de um –pet nunca deve ser dada a uma criança)

– Quais os cuidados básicos necessários (alimentação, saúde, higiene, atividade física e mental)?

– Qual o gasto médio mensal?

O novo lar é adequado para receber esse bichinho? Ou é necessário fazer alguma mudança?

A ideia de ter um pet, uma companhia em casa é ótima, certo? Mas, muito além disso, é importante pensar no bem-estar de todos, principalmente no do animal – da hora que ele chega em casa, até o fim da vida do bichinho. Por isso, se você está pensando em presentear alguém com um animal de estimação, pense muito!

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn