Aula gratuita sobre passeio com a equipe da Cão Cidadão

palestra-petz Ainda não sabe o que vai fazer neste fim de semana? A Cão Cidadão tem uma dica para você!

Neste sábado, 19 de setembro, às 17h, a equipe de adestradores estará na unidade Petz do Morumbi, em São Paulo, para realizar uma aula gratuita sobre passeio.

Os especialistas, além de esclarecer dúvidas, vão dar dicar para tornar esse momento prazeroso para donos e animais. Para participar, basta comparecer no local, no horário marcado.

Para mais informações, clique aqui e confira a nossa agenda.

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Problemas durante o passeio

Photo credit: akk_rus / Modern Furniture / CC BY
Photo credit: akk_rus / Modern Furniture / CC BY

Por Malu Araújo, adestradora e consultora comportamental da equipe Cão Cidadão.

O passeio é uma hora que o pet passa mais tempo com o dono, encontra outros animais na rua, sente o cheiro de muitas coisas diferentes e sons diferentes. Difícil o cachorro que não goste de um bom passeio. Mas, para todos curtirem esse momento tão bacana do dia, alguns cuidados são necessários.

Leve seu peludo para passear sempre de coleira e guia. Cachorro solto não é sinônimo de liberdade e sim de risco. Os cães podem se interessar por qualquer estímulo e ir atrás (seguir um passarinho, outro cão, algum conhecido), podem comer alguma coisa do chão, se aproximar de algum cão reativo correndo o risco de sair uma briga, enfim, os riscos não valem a pena. Existem parques com áreas para os cães ficarem soltos com segurança. A coleira deve sempre conter a plaquinha de identificação com o telefone de contato.

Uma reclamação constante dos tutores é que os cães puxam muito, mas esse comportamento pode ser corrigido com aulas de adestramento. Também existem algumas coleiras que podem ajudar a melhorar essa postura.

Outro comportamento que pode se tornar um problema são os cães reativos com outros cães ou pessoas, e isso não deve se tornar uma desculpa para sair menos ou deixar de sair com seu cachorro. Cães que latem ou são agressivos durante o passeio devem passar por um treinamento com reforço positivo, para que passem a ver os cães, pessoas ou qualquer outra coisa que o incomoda como algo agradável. Se esse é o seu caso, conte com o auxílio de um profissional especialista em comportamento.

Vale lembrar que o passeio deve ser feito no horário mais fresco do dia, pois o chão muito quente pode causar ferimento na pata do seu amigo e, principalmente, em raças de focinho curto. O horário de sol mais intenso pode causar problemas respiratórios.

Fonte: Mercearia do Animal.

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Problemas durante o passeio

passeio

O seu cãozinho é do tipo que não pode sair de casa que já começa a te puxar? Ele late para todos os cães, corre e te puxa para cima e para baixo? Bom, se o seu pet demonstra alguns problemas durante o passeio, fique tranquilo, certamente ele não é o único. Com algumas dicas, você conseguirá melhorar bastante esse comportamento e o passeio ficará cada vez mais prazeroso.

Quando o cão puxa no passeio

É preciso entender sempre que o passeio começa em casa. Se o seu cão fica muito agitado ao ver você pegando a guia, espere que ele se acalme para, então, colocar a coleira.

Pedir o comando senta é muito útil também. Tente sempre fazer todos os procedimentos com muita calma e tempo: colocar a guia, passar entre as portas e portão de saída. Com isso, seu cão vai ficar cada vez menos ansioso nessas etapas. Deixando, assim, o passeio mais tranquilo.

Ao sair na rua

Toda vez que ele te puxar, tente mudar de direção sem que ele veja, fazendo um zigue-zague. Isso faz com que ele fique mais atento a você e perceba que é você quem o está conduzindo.

Utilizar um brinquedo ou um petisco para fazer com que o cão siga esse estímulo, também é uma opção para ele não puxar. Sempre que o seu peludo estiver ao lado, fale a palavra “junto”, mas se lembre de falar o comando só quando ele estiver andando corretamente. Muitas pessoas ficam falando “junto” quando o cão está lá na frente, mas eles não entendem e acham que estão agindo da forma correta.

Quando o cão não quer andar na rua

Leve um petisco que o cão goste muito e só dê a ele na rua. Isso associa a rua a algo positivo. Chame o cão e o recompense enquanto estiver andando. Parou de andar? Estimule-o a caminhar e o recompense quando ele estiver andando novamente.

Confira aqui mais dicas para ter um passeio tranquilo.

Share and Enjoy !

0Shares
0 0