Mordidas: brincadeira ou sinal de preocupação?

https://pixabay.com/en/puppy-dogs-animals-pet-1040951/
https://pixabay.com/en/puppy-dogs-animals-pet-1040951/

Qualquer um que é ou já tenha sido dono de um filhote sabe que os pequenos amam morder tudo o que veem pela frente: pés, mãos, tornozelos, móveis, chinelos e por aí vai.

Muitas vezes, eles até podem machucar as “vítimas” dessas mordidas, apesar de não terem noção disso. Esse comportamento, por muitos interpretado como brincadeira, pode se tornar um problema quando o animalzinho passa para a vida adulta e continua a fazê-lo.

Mas, por que será que os filhotes gostam tanto de morder? Bem, a resposta é muito simples! Os filhotes, assim como os seres humanos, passam por uma troca de dentição. Quando nascem, eles não têm dentes e o tempo de erupção da dentição acontece da 3ª a 12ª semana de vida deles. Os dentinhos são bem pequenos e afiados, como agulhas, o que pode machucar quem se torna o alvo na hora de brincar de morder.

Por volta dos três meses de idade, os filhotes passam pela troca de dentição, o que causa muita coceira, vermelhidão e inchaço na gengiva. Nessa época, que se estende até os sete meses, os filhotes procuram formas de aliviar o incômodo e é aí que tudo começa: qualquer coisa se torna um brinquedinho de morder, inclusive objetos de valor, como um celular, aquele sapato caro etc. As mordidas também são uma forma de interagir com os humanos!

Assim, para evitar que esse problema se estenda até a vida adulta, é preciso treinar o filhote.

Como resolvo esse problema?

Disponibilize brinquedos para que ele possa usar como um mordedor, para aliviar o incômodo causado pelos dentes. Outra forma de ajudar o filhote é colocar esses objetos no congelador. O gelado ajuda no alívio do inchaço e da coceira.

Atenção: deixar brinquedos disponíveis não significa que o pet brincará com eles. Cabe a família incentivá-lo a interagir com os objetos, chamando-o para brincar e o elogiando sempre que o pet estiver brincando. É importante também variar as opções, para que o filhote não se canse das que tem.

Toda vez que ele tentar morder alguém ou alguma coisa que não deve, diga “não” e se afaste, encerrando a interação imediatamente. Aos poucos, ele compreenderá que não deve morder as pessoas e que esse comportamento significa o fim imediato da brincadeira, o que não é o que ele quer.

Share and Enjoy !

0Shares
0 0