Dengue e os potes dos animais

Photo credit: grongar / Photo / CC BY
Photo credit: grongar / Photo / CC BY

A luta contra a dengue – doença transmitida pelo mosquito Aedes Aegypti – continua. De acordo com um levantamento do Ministério da Saúde, divulgado em abril, foram registrados mais de 460 mil casos da doença só no primeiro trimestre deste ano. E, desse total, São Paulo é a cidade que lidera o ranking de ocorrências.

Todo cuidado é pouco e é fundamental que todos façam a sua parte, para eliminar os focos de proliferação do mosquito. Aliás, não é apenas com as bacias e pratos de plantas que se deve ter atenção, não. Sabia que os potes de água dos pets também podem se tornar criadouros do mosquito. Sim, afinal, eles também oferecem água parada!

Cães

– Troque diariamente a água dos potes dos cachorros!

– Lave os recipientes frequentemente. Limpe-os com escova ou esponja para higienizá-los bem.

Gatos

– Gatos adoram beber água corrente, como, por exemplo da torneira. Mas, não se esqueça de ficar atento à fonte de água dele também. Nada de água parada.

Se cada um fizer a sua parte, essa batalha pode ser vencida!

Como acostumar o gato a usar a caixa de areia

gato-caixa-de-areia
Photo credit: sabianmaggy / Foter / CC BY

Gatos são animais muito higiênicos e aprendem muito fácil onde devem fazer as suas necessidades, porém, existem alguns bichanos que não sabem utilizar a caixa de areia. Mas, não se preocupe: com muita paciência e calma é possível ensiná-lo!

Segundo o especialista em comportamento animal, Alexandre Rossi, o ideal é sempre ter uma caixa higiênica a mais do que o número de gatos que você possui em casa. Por exemplo, se você tem dois gatos, o ambiente deverá ter três caixas, e assim por diante.

Confira o vídeo com algumas dicas do especialista:

Dicas

Banheiro ideal

Existem vários modelos de caixas e substratos em pet shops, próprios para o gato depositar as necessidades e enterrá-las. O ideal é ir descobrindo de quais o seu gato gosta mais. Teste diferentes caixas e substratos, bem como os possíveis locais de colocação das caixas.

Quantidade

Ofereça sempre uma caixa a mais do que o número de gatos que você tenha em casa.

Posição

As caixas devem ser colocadas nos lugares onde o gato se sinta mais à vontade. Evite posicioná-las perto de lugares onde ele bebe água ou come.

Limpeza

Mantenha também as caixas sempre limpas! Alguns gatos acabam segurando as necessidades até que alguém as limpe, o que não é bom para a saúde dele.

Confira mais informações e orientações sobre gatos na nossa página de Dicas.

NÃO VÁ AINDA!!

Agende agora mesmo uma primeira aula gratuita (on-line ou presencial) com um dos nossos adestradores!!