Cinco coisas que você precisa saber sobre latido em excesso

https://www.flickr.com/photos/alpharios101/3341315957/
https://www.flickr.com/photos/alpharios101/3341315957/

O latido excessivo é uma das grandes reclamações dos donos de cães, principalmente quando a família mora em apartamento. Saiba o que pode motivar esse comportamento, para poder ajudar o seu cão.

1. Comunicação

A única forma que os cães encontram para se comunicar é latindo. O pet pode estar feliz demais, irritado, sentindo-se mal, ansioso e por aí vai.

2. Falta de atividades

Muitas vezes, por tédio e falta do que fazer, os cães começam a latir para chamar a atenção, brincar e ocupar o tempo, pois estão com energia acumulada.

3. Latindo para um alvo

Quando o seu cão está latindo na direção de alguém ou de algum objeto, pode significar que aquela situação está causando desconforto a ele. Pode ser um automóvel, outro bicho, alguém desconhecido ou algum estímulo que venha de fora.

4. O excesso prejudica

Os latidos em excesso podem, sim, fazer mal ao seu cãozinho. Portanto, se ele começar a apresentar esse tipo de comportamento, faça uma visita ao veterinário de confiança. O profissional poderá examinar se há algo errado com ele.

5. Não ignore

Ignorar o problema não resolverá e agravará a situação. Dar broncas no animal, até que ele pare de latir, também não resolverá, pois ele pode canalizar essa frustração para outras coisas, podendo transformar o latido em agressividade e destruição de objetos.

Independentemente da causa, procure a avaliação de um médico veterinário, para eliminar a probabilidade de ser algum problema de saúde.

Após, busque ajuda de um especialista em adestramento. Seu cão pode estar precisando de estímulos, enriquecimento ambiental, atenção etc.

Ajude seu peludo nessa missão!

Share and Enjoy !

0Shares
0 0