Inteligência dos animais

dicas_interna_inteligencia_dos_caes

Por Cassia Rabelo, adestradora e consultora comportamental da Cão Cidadão.

Há não muito tempo atrás, era corriqueiro ouvir que os únicos seres racionais no planeta seriam os humanos. Essa, obviamente, era uma afirmação que partia dos… seres humanos!

Ocorre que, com o aumento do número de estudos envolvendo a capacidade cognitiva e emocional dos animais, foi possível constatar que várias espécies possuem capacidades até então totalmente desconhecidas e também, surpreendentes!

Já se sabe que cetáceos (baleias e golfinhos), possuem uma complexa capacidade de comunicação social, que vem sendo amplamente estudada pelos cientistas. Elefantes são animais que mostram sinais de luto quando um membro do grupo falece. Primatas já se mostraram capazes de aprender uma linguagem de sinais em um painel e se comunicar com os humanos através dela. E agora, passando para as aves, muitos estudiosos têm voltado seus olhos para os corvos, animais capazes de modificar objetos para lhes serem mais úteis, como por exemplo, entortar um pedaço de ferro para facilitar a pesca.

No caso dos animais de estimação, qualquer um que conviva com um cão ou gato, por exemplo, geralmente é capaz de elencar inúmeros exemplos que comprovam a inteligência de seus peludos.
E a ciência também já se voltou para esse lado, cada vez mais buscando entender como funciona a mente dos cães e gatos que vivem tão próximo das famílias nos dias atuais.

Quando se fala em inteligência, algumas capacidades são sempre lembradas: a de sentir emoções e a relacionada com resolução de problemas são algumas delas. E cachorros e gatos já se mostraram plenamente capazes de tanto.
Sabe-se que gatos domésticos se comunicam muito mais com os humanos com que convivem através de miados do que com membros da mesma espécie. E que essa se trata de uma linguagem aprendida, pois cada gato é capaz de desenvolver miados específicos de acordo com sua convivência cotidiana com os donos. Ou seja, consegue identificar qual tipo de miado funciona melhor para esta ou aquela situação, aprimorando, assim, a forma como se comunicam com os tutores.

Cães também são animais de estimação extremamente hábeis na arte de observar o mundo ao seu redor, especialmente os humanos da família. No dia a dia, todos que têm um cachorro a seu lado sabem de sua habilidade em saber com qual membro da família um pedido de comida vai funcionar mais!
Estas capacidades podem ser muito bem exploradas com treinos de adestramento baseados em reforço positivo, onde o aprendizado ocorre de forma prazerosa e divertida, estimulando ainda mais a capacidade cognitiva dos queridos pets.

Portanto, considerando que o número de animais de estimação é cada vez maior nos lares brasileiros, é muito importante ter em mente que, além das inúmeras delícias cotidianas que temos ao conviver com um, devemos procurar entender seus comportamentos levando em conta que são animais inteligentes e plenamente capazes de novos aprendizados.

Share and Enjoy !

0Shares
0 0