Melhores guias para o passeio

guias-passeio2

Quer aproveitar o dia para curtir um passeio ao lado do pet, mas está em dúvida sobre qual guia deve usar?

A adestradora e consultora comportamental da Cão Cidadão, Cássia Rabelo Cardoso dos Santos, separou algumas dicas.

Ela explica que o ideal é começar pensando na segurança do amigão, evitando produtos frágeis, feitos de plástico ou de tecidos finos. Produtos que tenham argolas soldadas nas junções também podem se romper, caso o cão puxe com muita força. O melhor é evitá-los!

Cães de pequeno porte

Se eles não costumam puxar durante o passeio, você pode optar por uma guia peitoral. Ela também deve ser usada em cães que praticam atividades físicas com os donos, como correr ao lado da bicicleta ou do patins. As coleiras de nylon ou de couro ajustáveis também são indicadas para cães que se comportam bem fora de casa.

Animais que puxam 

Escolha uma coleira com algum tipo de contenção, como enforcadores, meio enforcador, coleira tipo cabresto ou até peitoral com contenção. Muitas pessoas não usam enforcador por receio de estarem maltratando o animal. Mas, na verdade, se utilizado da maneira correta, o enforcador apenas ajuda o cão a entender que não deve puxar.

Guias retráteis

Cuidado com as guias retráteis, pois elas são frágeis e podem arrebentar com facilidade! Elas também dificultam o controle do animal, por permitirem que ele se afaste muito dos donos.

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Guias ideais para o adestramento

tipos-de-guias

As guias ideais para o cãozinho são aquelas que aguentam um bom tranco e, de tão leves e silenciosas, fazem com que o pet nem “perceba” que está preso a ela. Mas, é importante que o animal respeite você e não a guia. Não se esqueça disso!

Aconselháveis

Guia de cordão resistente: ideal para o adestramento. Não é óbvia para o cão, o que contribuirá para que ele te obedeça com ou sem a guia. Cordões finos e leves podem ser bastante resistentes. Teste-os antes de utilizar.

Guias reguláveis: são boas para o adestramento, já que permitem ajustar o comprimento.

Não aconselháveis

Guia de corrente: não é aconselhável para o adestramento, pois, além de pesada, é barulhenta, tornando-se muito óbvia para o cão. São boas para conter o animal sem supervisão, já que a corrente não pode ser roída. Cuidado para o cão não se enroscar!

Guia de tecido pesado e largo: também não é aconselhável para o adestramento, pois é pesada e, portanto, óbvia para o cão.

Fonte: Adestramento Inteligente, de Alexandre Rossi.

Share and Enjoy !

0Shares
0 0