Por que um cachorro fica com falta de apetite e o que precisa ser feito

dicas_interna-canal-do-pet

A falta de interesse pela comida pode ser causado por um problema comportamental e pro uma doença, é preciso ficar atento

Olá, amigos do Canal do Pet, tudo bem? O cãozinho de vocês está sofrendo com a falta de apetite?
Esta é uma questão que gera muitos questionamentos e preocupação por parte do tutores. A falta de apetite faz com que o cão simplesmente olhe para o pote de ração e não queria comer, recuse qualquer outro tipo de comida e até o petisco favorito dele.

O apetite

Estar sempre pedindo por uma comida diferente e ter o apetite voraz é um comportamento normal dos cães, mas isso não significa que eles estejam com fome. É instintivo querer comer um pouco a mais, pois seus ancestrais eram caçadores e não sabiam quando seria a próxima refeição.

Claro que isso não significa que os nossos cachorros devam ter atendido esse capricho genético, já que, atualmente, eles não precisam manter uma reserva de energia para garantir sua sobrevivência.

E por que a falta de apetite?

Quando nos vemos diante de um cachorro com falta de apetite, é importante observar se esse comportamento começou de uma hora para outra, pois pode ser sintoma de algum doença. Consultar um veterinário, portanto, é uma providência importante.

Por outro lado, é bem comum que essa conduta esteja sendo reforçada. Isso ocorre, por exemplo, quando o tutor, ao notar que o cão cheira a ração e sai sem comer, se desespera e coloca um atrativo delicioso para deixar a ração mais saborosa. Assim, o cão aprende que, ao simplesmente olhar para a comida e não comer, ganhará coisas mais gostosas em seguida, além de atenção e carinho. Ele pode, em grande partes dos casos, se tornar obeso, o que piora ainda mais a situação.

Por isso, a orientação é fazer exatamente o contrário: somente elogiar quando o cachorro estiver comendo, e não se deve pegar o pote, colocar algo mais gostoso e devolvê-lo ao cão. Essa atitude é uma das principais causas de um cachorro sem apetite.

Não ao jejum prolongado

Por outro lado, não recomendo deixar o cão sem comer por longos períodos até que tenha fome. Não se deve fazer uma dieta radical com o animal. Isso pode gerar problemas sérios de saúde, como gastrite.

Caso o pet não esteja aceitando a ração pura de forma alguma, deve-se manter as coisas gostosas, mas adequar a quantidade menor de acordo com as orientações do veterinário. Prepare a mistura antes de oferecer ao pet: não devemos esperar o cão não comer para fazer o prato gostoso.

Com o tempo, a tendência é que ele comece a perder peso, o apetite aumente e, aí sim, pode-se ir retirando aos poucos as guloseimas acrescidas às refeições.

Dicas para o cão ter aquele apetite

Além de oferecer a ração na quantidade correta para o cachorro com falta de apetite, tornar a hora da alimentação um momento divertido também ajuda no problema. Ou seja, deixar a alimentação mais ativa.

Lembrando que, na natureza, os canídeos teriam que andar, caçar e abater uma presa para poder se alimentar. Nós tornamos a vida deles muito fácil e tediosa simplesmente colocando um pote de ração em sua frente.
Portanto, que tal tornar esse momento algo prazeroso e divertido? Usar brinquedos que liberam comida em vez de oferecer toda a refeição em um pote é uma ótima pedida. Assim, os cachorros terão que “trabalhar” para obter a ração, o que é ótimo.

Esconder pequenas quantidades pela casa, para que ele precise farejar para encontrar também é muito bacana. Mais um comportamento natural dos cães que será incentivado.

Devemos sempre lembrar que a alimentação adequada é uma das condições para uma vida saudável. Assim, cabe a nós o dever de tornar esse momento divertido e garantir ao pet os nutrientes necessários e nas quantidades adequadas. Seguindo essas dicas, será muito difícil ter um cão com falta de apetite, a não ser que o motivo seja uma doença.

Fonte: Canal do Pet – iG

Gostou da dica? Se quiser contratar os profissionais para realizar o adestramento, fale com a Central de Atendimento da Cão Cidadão, pelos telefones: (11) 3571-8138 (São Paulo) e (11) 4003-1410 (demais localidades).

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Falta de apetite em cães

dicas_falta_de_apetite_em_caes
Photo credit: andrewasmith / Foter / CC BY-SA

A falta de apetite em cães é um assunto que preocupa muitos donos. Por que será que o meu cachorro não quer comer? Antes de tudo, é preciso diferenciar a fome do apetite. Sim, tem diferença!

Enquanto a fome é a necessidade física do cão se alimentar e repor os nutrientes, o apetite é o desejo e a vontade de ingerir comida. Na maioria das vezes, o cão saudável terá apetite mesmo se já estiver com a fome saciada.

Falta de apetite: como agir

O primeiro passo é procurar um médico veterinário e avaliar se a saúde do animal está em dia. Se estiver, é importante rever algumas condutas.

Por exemplo:

– Você segue as orientações da embalagem da ração em relação à quantidade?

– O alimento fica disponível o tempo todo para o cão?

É importante oferecer a quantidade certa de cada refeição ao pet e retirar o pote depois de alguns minutos, mesmo que o cão não coma tudo. Outra dica interessante é utilizar brinquedos que soltam ração ou mesmo uma garrafa pet furada como comedouro. Assim, você estimulará o seu animal de estimação a se exercitar enquanto come.

Importante: evite incrementar a ração do pet para incentivá-lo a comer! Isso porque ele pode começar a recusar a ração simples, para ganhar a incrementada!

Quer aprender mais sobre o assunto? Também falamos sobre o tema neste post.

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Problemas alimentares: como agir?

problemas-alimentares
É só chegar a hora das refeições que o cãozinho começa a dar um trabalhão?

Enquanto alguns pets parecem ter fome o tempo todo, outros não têm nenhum interesse na ração, ou ainda fazem manha para comer. Isso, às vezes, pode ser comum e muito trabalhoso e é chamado de problemas alimentares.

Antes de mais nada, é preciso levar em conta que a fome é a necessidade física do pet de se alimentar e repor os seus nutrientes.

Já o apetite, é o desejo e a vontade de ingerir comida. Na maioria das vezes, o cão saudável terá apetite mesmo se já estiver com a fome saciada. Por isso, é preciso resistir à carinha de pidão do pet se ele continuar pedindo comida.

Falta de apetite, o que fazer?

Você sabia que muitos cães perdem o interesse na comida por ela ficar disponível o dia todo? Isso mesmo. Por isso, uma dica importante é oferecer a quantidade certa de ração para o cão. Caso sobre, retire o pote e guarde, depois coloque novamente. Também, para aumentar o interesse dele, diminua um pouco a quantidade oferecida em cada refeição.

Importante: evite incrementar a ração do cão com frango, carne, molhos, etc. Isso pode piorar o paladar do cão, pois ele pode aprender a recusar a ração simples para ganhar a ração incrementada! Agora, se o cão já está acostumado a só se alimentar com outros alimentos juntos à ração, não retire de uma vez: tente fazer isso aos poucos, para acostumar o paladar do cão à ração. Muitos animais, ao notarem a falta do complemento, podem ficar sem comer nada, o que pode causar problemas de saúde.

Outra dica interessante para cães que recusam comida ou só comem se o dono alimentá-lo com a mão é utilizar brinquedos que soltam ração, ou mesmo uma garrafa pet furada como comedouro.

Share and Enjoy !

0Shares
0 0