Seu cão usa roupinha no frio? Comente aqui

As temperaturas mais baixas chegaram em boa parte do país e trouxeram desafio adicional para os tutores: mantê-los aquecidos e confortáveis. ❄️❤️

Uma das maneiras de proteger os pets mais friorentos é com roupinhas. Mas e você, já experimentou colocar uma roupa no seu cãozinho? Ele gostou?

Se você não tem certeza se seu pet precisa de uma roupinha, observe alguns sinais. Coriza, tremores e busca por locais fechados indicam que ele pode estar com frio. Por outro lado, respiração ofegante e se deitar no chão indicam que ele pode estar com calor.

Uma boa estratégia é oferecer opções para o seu pet escolher, como uma cama mais quente e outra mais fina. Já em relação às roupas, prefira tecidos confortáveis, como algodão, e evite zíperes. Lembre-se de tirar a roupa se o pet for sair ao sol ou fizer atividades intensas.

Seu pet é friorento? Gosta de usar roupinha no frio? Compartilhe suas experiências nos comentários! 💬👇

O seu pet te ajuda em momentos desafiadores da vida? Comente aqui!

Você já pensou sobre o quanto o seu pet te ajuda em momentos desafiadores, simplesmente por estar ao seu lado sendo a melhor companhia do mundo?

O vínculo que criamos com nossos peludos é até difícil de colocar em palavras, de tão especial. Por isso, queremos propor uma reflexão: será que você retribui toda essa lealdade e companheirismo da forma que seu animalzinho precisa?

Claro, temos certeza que amor não falta! Mas os pets precisam de muito mais, como passeios, desafios mentais, enriquecimento ambiental, socialização com outros animais, alimentação de qualidade, visitas periódicas ao veterinário, brinquedos específicos, um cantinho só para ele na casa…

Então, que tal aproveitar e pensar como você poderia melhorar a vida do seu melhor amigo, mesmo que só um pouco? Ele com certeza agradecerá muito!

Coprofagia: você sabe o que é isso?

Photo credit: petar belobrajdic / Foter / CC BY-ND
Photo credit: petar belobrajdic / Foter / CC BY-ND

Você sabe o que é a coprofagia? Não? A coprofagia é o hábito que alguns cães desenvolvem de comer as suas próprias necessidades (fezes) ou a de outros animais. Mas, você sabe por que isso acontece? Na verdade, a coprofagia pode surgir por vários fatores. Separamos abaixo, alguns deles para que você entenda melhor sobre esse comportamento.

Fezes apetitosas: por mais incrível que possa parecer, é comum que os cães gostem do sabor de algumas fezes. Esse comportamento pode ser justificado sob o ponto de vista nutricional. Quase sempre há nas fezes algum alimento não totalmente digerido. Por outro lado, cães com problemas digestivos desenvolvem deficiências nutricionais, o que pode alterar o apetite deles e torná-los mais interessados.

Por brincadeira: alguns cães brincam com as próprias fezes e acabam comendo pedaços delas. Isso ocorre mais frequentemente com filhotes, mas há adultos que continuam com o hábito por toda a vida. O comportamento também é mais comum em cães que ficam presos em locais pequenos e que dormem perto de onde fazem as necessidades.

Ansiedade: muitos cães só ingerem fezes quando estão ansiosos, geralmente por terem ficado sozinhos em casa ou por não estarem recebendo atenção dos seus donos. Nesses casos, a melhor maneira de lidar com o problema é aumentar a atividade física do cão e tratar a ansiedade.

Para chamar atenção ou por imitação: muitos cães observam que o dono corre com grande interesse para recolher as fezes, assim que são expelidas. Alguns deles tentam pegar as fezes antes que o dono consiga alcançá-las. O truque, para evitar essa competição, é recolher as fezes calmamente, permitindo, inclusive, que o cão as cheire.

É importante consultar o médico veterinário de sua confiança, para avaliar se a saúde do amigo está em dia. Caso esteja, você também pode contar com o suporte de um especialista em comportamento animal.

NÃO VÁ AINDA!!

Agende agora mesmo uma primeira avaliação gratuita com orientações (on-line ou presencial) com um dos nossos adestradores!!