Destruição de objetos: como lidar?

dicas_interna_clipping

Por Andrei Kimura, adestrador da equipe Cão Cidadão.

Existe uma recorrência muito grande de tutores de cães e gatos sobre a destruição de objetos por parte dos seus pets. Em primeiro lugar, o que se deve ter em mente é que faz parte da natureza dos animais esse comportamento, pois no habitat dos cães selvagens é preciso caçar, comer e cortar a carne com suas presas. Para tentar solucionar o problema, precisamos entender quais os motivos que podem ocasionar tais atitudes.

Um dos motivos é a ociosidade, que leva ao acúmulo de energia e a necessidade de fazer alguma coisa, levando-os a destruir tudo o que veem pela frente. Sendo assim, o passeio é importante e atividades lúdicas também.

Muitos donos, no entanto, por conta da vida atarefada que levam, não tem tempo para fazer isso. Mas, se tivermos o controle alimentar adequado do animal, com horários e quantidades corretas de comida, podemos oferecer brinquedos para distrair o animal enquanto ele se alimenta. Por exemplo, existem entretenimentos no mercado pet que dispensam alimento de forma a dificultar o acesso deles à comida. Com isso, o animal se esforçará para conseguir comer, simulando uma caçada.

Em casa também é possível fazer brinquedos com essa finalidade. Lave e retire o rótulo, a tapa e o anel da garrafa. Faça buracos, e o deixe se divertir. Em ambos os casos, temos que nos precaver de que o animal não irá arrancar. Mas é bom lembrar que se o animal nunca teve contato com esse tipo de objeto vale ficar de olho para evitar acidentes.

Outra situação é a destruição causada por filhotes, em idade de crescimento e de troca dentária (que ocorre por volta dos seis meses). Nessa fase, existe uma irritabilidade da gengiva que ocasiona um comportamento de mordedura. O que devemos fazer é promover o alívio dessa coceira, disponibilizando objetos gelados (preferencialmente) e que possam ser destruídos. Existem brinquedos de borracha que podem ser levados ao congelador. Caso esteja recheado de alimentos e petiscos, o cão vai se interessar mais ainda.

Objetos sem petiscos devem ser apresentados de forma lúdica ao animal, simplesmente deixá-los no ambiente pode não apresentar resultados, portanto, mostre esse objeto de maneira amigável, interagindo com ele para que surja o interesse.

Como dito anteriormente, é da natureza dos pets destruir objetos. Uma dica é disponibilizar caixas de papelão para ele, observando se não há grampos, verniz ou fitas plásticas. Afinal, é melhor destruir caixas de papelão, que depois podemos simplesmente limpar, do que objetos valiosos dentro de casa.

Alguns desses comportamentos destrutivos podem ser consequência de solidão. É necessário investir um tempo nessa relação, pois somos responsáveis pela integração com os nossos cães.

Boa sorte!

Fonte: Petz

Share and Enjoy !

0Shares
0 0