Roupinha de Natal: será que o pet está confortável?

dicas_roupas_pet_interna

O Natal está quase chegando e muitos tutores aproveitam a época para colocar roupinhas, apetrechos e fantasias no animal de estimação. Afinal, é preciso entrar no clima da festa, certo?

Para que seu pet fique bem em seus trajes de comemoração, é preciso que você fique atento a alguns sinais que indicam se ele está confortável ou não de acordo com Priscila Fadelli, adestradora da Cão Cidadão. “Preste atenção na maneira como o animal está agindo depois que vestiu a roupa ou o acessório”, recomenda a profissional.

Identificar esses sinais não é uma tarefa complicada! Basta seguir as orientações abaixo!

Personalidade: conhecer a personalidade do animal de estimação é fundamental para você avaliar se ele está em uma situação desconfortável. Se após vestido ele continuar agindo normalmente (brincando, bagunçando e correndo), significa que a vestimenta não o incomoda.

Tensão: se o seu cachorro estiver parado, demonstrando tensão ou andando em círculos, significa que ele não está se sentindo bem. Nesses casos, retire a roupinha imediatamente. É importante sempre respeitar os limites do seu animal de estimação para garantir o bem-estar dele.

Sinais: tentativas de rasgar ou tirar a roupinha e/ou o acessório também são sinais de que a sensação causada pelos apetrechos é desconfortável para o seu amigo.

Como adaptar o pet?

É possível ajudar o bichinho a se acostumar com esses acessórios. Para isso, basta ter paciência e oferecer o treinamento correto. “Quando você comprar a roupinha, deixe que o animal interaja com ela antes de colocá-la nele. Deixe a roupa no chão para que o seu cachorro ou gato a cheire. Enquanto isso, ofereça a ele um petisco bem gostoso. Isso fará com que ele associe a fantasia a algo legal”, ressalta Priscila.

A adaptação deve ser feita aos poucos para que o pet se acostume com a sensação de ter algo “acoplado” ao seu corpo. Coloque a roupa nele uma vez e deixe por alguns minutos. Na sequência, recompense-o e, em seguida, retire o acessório. Repita o processo, sempre premiando o animal para que ele faça associações positivas com o traje.

Dica especial

“Como o Natal é uma época muito quente aqui no Brasil, preste atenção para ter certeza de que o seu cachorro não está passando calor. Se a língua dele estiver para fora o tempo todo, significa que ele está sentindo muito calor e, nesses casos, não é recomendável colocar essas roupas”, finaliza a adestradora.

Verifique também se a roupinha não está apertando as patinhas e o pescoço do amigo peludo, impedindo que o sangue dele circule naturalmente. Ofereça muita água para que o pet se mantenha hidratado e, acima de tudo, curta muito as festas ao lado do seu melhor amigo!

Feliz Natal para você, sua família e seu dog Noel!

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn