fbpx

Agende sua aula gratuita

Agende agora mesmo uma primeira aula gratuita (on-line ou presencial) com um dos nossos adestradores!!

Cães eufóricos

Photo credit: carterse / Foter / CC BY-SA
Photo credit: carterse / Foter / CC BY-SA

Chegou a hora de sair de casa para passear com o pet e tudo está correndo às mil maravilhas, até que o seu cachorro avista outro animal vindo na direção dele e pronto, acabou-se a paz e a tranquilidade. Ele fica agitado, pulando, correndo, puxando a guia, simplesmente eufórico ao ver outro cãozinho.

Apesar de ser engraçadinho ver o mascote tão feliz por ver outros animais, isso pode ser um sinal de que o seu cão tem problemas de socialização. A falta de convivência com outros pets durante os primeiros meses de vida do animal pode afetar a forma com que ele se comporta com outros bichinhos durante a vida adulta.

Por que isso acontece?

O cão pode ficar eufórico ao ver outro animal por ficar muito alegre pela possibilidade de brincar, por ter energia acumulada etc. O comportamento do tutor também podem incentivar uma conduta inadequada no pet.

“Se o dono fica tenso e acaba puxando a guia quando avista outro cachorro vindo em sua direção, o cão entende como algo perigoso e fica tenso também. Se continuar indo em direção ao tal animal existe, sim, a possibilidade de briga”, informa Karina Pongracz, adestradora da equipe Cão Cidadão.

Como resolver?

O primeiro passo é ensinar seu cão a se acalmar antes dos passeios, propondo atividades que o ajudem a gastar um pouco da energia acumulada. “Podemos gastar um pouco dessa energia antes do passeio brincando de bolinha e também realizando alguns comandos, como o ‘senta’, ‘dá a pata’, ‘deita’ e o ‘fica’”, sugere a adestradora. “O ‘fica’ faz com que o animal controle um pouco a ansiedade dele, antes de passar pela porta para dar uma voltinha”, completa.

Quando o cão começar a realizar os passeios com mais calma, converse com os seus amigos que também têm cachorros, mas que sejam mais calmos e relaxados e, então, deixe que o seu mascote interaja com eles. “Você pode usar petiscos, toda a vez que o outro animal se aproximar do seu. Com esse exercício, você acaba mostrando que a aproximação de outro animal é legal! Porém, faça isso com bastante segurança, sempre usando a guia se estiver em lugar aberto”, orienta Karina. “Sempre avise ao dono do outro animal que ele está ajudando você nos treinos que o seu cachorro está em treinamento e que ele precisa de um tempinho para se acostumar.”

Faça os treinos constantemente, para que o seu cachorro realmente compreenda o tipo de comportamento que você espera dele. Esse processo leva tempo, porém, o resultado é gratificante, pois melhora a sua convivência com o seu mascote e a dele com outros bichinhos.

Dicas

• Nunca faça carinho se ele estiver demonstrando medo ou agressividade, pois isso fará com que ele entenda que é esse o comportamento que você espera dele.

• Desvie a atenção dele para outro lugar quando ele estiver apresentando sinais de muito euforia ou agressividade.

• Não fique tenso quando outro animal se aproximar enquanto vocês estiverem passeando, pois isso fará com que o seu cachorro entenda que existe perigo, podendo transformar a euforia em agressividade.

• Recompense-o quando ele se comportar da maneira correta, isso fará com que ele relacione coisas boas ao bom comportamento e isso facilitará a compreensão e o incentivará o animal a repetir a ação.

Agende sua aula gratuita

Agende agora mesmo a sua aula gratuita (on-line ou presencial) com um de nossos adestradores!!

Como entreter o pet no home office

Fazer home office pode ser um desafio para quem tem um ou mais cães em casa. Afinal, a maioria dos pets está acostumada a ter a nossa presença por mais tempo aos finais de semana, quando podemos dar bastante atenção e carinho a eles.

Ler mais »

Meu filhote é agressivo

É muito comum tutores de filhotinhos ficarem na dúvida se seus pets estão ficando muito agressivos. Embora não seja muito comum, existem casos em que os pets podem, sim, já manifestar agressividade desde novinhos por motivos diversos, como genética

Ler mais »

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

NÃO VÁ AINDA!!

Agende agora mesmo uma primeira aula gratuita (on-line ou presencial) com um dos nossos adestradores!!