Seu cão não deixa outro animal chegar perto de você?

Muitos cães se mostram incomodados com a aproximação de outros animais de seus tutores, mostrando desde sinais leves de desconforto, como entrar na frente, até os mais graves, como rosnar e morder.

Mas o que costuma-se nomear como ciúme, para eles, na verdade, está associado à posse, ou seja, a necessidade de defender um recurso importante – no caso, nós!

Isso pode trazer muitos problemas para a convivência no dia a dia e também prejudicar seriamente o bem-estar do próprio animal. Por isso, separamos a seguir algumas dicas gerais para ajudar:

➡ Acostume- o a conviver com outros animais desde novinho, fazendo uma socialização associada com recompensas como petiscos e elogios.

➡ Se o pet já é mais velho, comece avaliando se as necessidades básicas estão sendo supridas, como atividades físicas e mentais diárias, além de acesso à enriquecimento ambiental. Um cão com energia acumulada é mais estressado e ansioso.

➡ Mostre que a presença de outro animal só rende coisas boas e não o contrário. Para isso, vá para um local com pets, fique numa distância segura e ofereça petiscos, diminuindo a distância gradativamente. Se o problema for dentro de casa, tenha o hábito de jogar uma guloseima para ele antes de se aproximar dos outros.

➡ Ensine comandos de obediência básica e limite, como “senta”, “deita”, “fica” e “não” para que possam ser usados nos momentos de possessividade. Insira o hábito de treinar em sua rotina para sempre exercitar o autocontrole dele.

➡ Enquanto ele ainda apresentar esse comportamento mesmo que em menor intensidade, não coloque-o em situações que possam ser gatilho. Só saia com coleira e guia (e focinheira, se necessário!) e evite interagir demais com outros animais.
⠀⠀
➡ E não deixe de contar com a ajuda de um profissional de comportamento animal para estruturar o treino da forma mais segura possível para todos!

NÃO VÁ AINDA!!

Agende agora mesmo uma primeira aula gratuita (on-line ou presencial) com um dos nossos adestradores!!