Eventos de fevereiro Cão Cidadão

eventos_de_fevereiro_cao_cidadao

eventos_de_fevereiro_cao_cidadao Nada melhor do que manter um relacionamento saudável e feliz com o animal de estimação, não é mesmo? Se o seu bichinho está apresentando alguns problemas comportamentais, o que tem te deixado com muitas dúvidas sobre como solucioná-los, uma dica é participar dos nossos plantões de orientações!

Campinas

No dia 20 de fevereiro, das 9h às 11h, a adestradora da equipe Cão Cidadão, Lívia Borelli, estará no Dog Care – Hotel e Day Care, em Campinas (SP), para dar algumas orientações sobre o comportamento animal. A entrada será gratuita, então, separe as suas dúvidas e participe!

Belo Horizonte

Está pensando em adotar um novo amigo? Já sabe quais são os cuidados que devem ser tomados com ele e os pontos a serem considerados antes dessa tomada de decisão? Então, participe da 1ª feira de adoção de cães e gatos do Pet Shop Animais do Coração. As especialistas Ingred Rose, Priscilla Mitre e Natália Pinheiro estarão presentes ao evento, que também acontece no dia 20 de fevereiro, acontece das 9h às 15h, para dar essas e outras explicações.

Rio de Janeiro

No dia 27 de fevereiro, é a vez da equipe da Cão Cidadão do Rio de Janeiro entrar em ação. A adestradora Fernanda Araújo estará no Mon Pet Chou, das 10h às 11h30, para realizar a palestra “Por que adestrar? O adestramento e seus benefícios”. A entrada é gratuita. Basta comparecer no local, no horário marcado.

Para mais informações sobre estes e outros eventos, clique aqui. Participe!

Mordidas: brincadeira ou sinal de preocupação?

https://pixabay.com/en/puppy-dogs-animals-pet-1040951/
https://pixabay.com/en/puppy-dogs-animals-pet-1040951/

Qualquer um que é ou já tenha sido dono de um filhote sabe que os pequenos amam morder tudo o que veem pela frente: pés, mãos, tornozelos, móveis, chinelos e por aí vai.

Muitas vezes, eles até podem machucar as “vítimas” dessas mordidas, apesar de não terem noção disso. Esse comportamento, por muitos interpretado como brincadeira, pode se tornar um problema quando o animalzinho passa para a vida adulta e continua a fazê-lo.

Mas, por que será que os filhotes gostam tanto de morder? Bem, a resposta é muito simples! Os filhotes, assim como os seres humanos, passam por uma troca de dentição. Quando nascem, eles não têm dentes e o tempo de erupção da dentição acontece da 3ª a 12ª semana de vida deles. Os dentinhos são bem pequenos e afiados, como agulhas, o que pode machucar quem se torna o alvo na hora de brincar de morder.

Por volta dos três meses de idade, os filhotes passam pela troca de dentição, o que causa muita coceira, vermelhidão e inchaço na gengiva. Nessa época, que se estende até os sete meses, os filhotes procuram formas de aliviar o incômodo e é aí que tudo começa: qualquer coisa se torna um brinquedinho de morder, inclusive objetos de valor, como um celular, aquele sapato caro etc. As mordidas também são uma forma de interagir com os humanos!

Assim, para evitar que esse problema se estenda até a vida adulta, é preciso treinar o filhote.

Como resolvo esse problema?

Disponibilize brinquedos para que ele possa usar como um mordedor, para aliviar o incômodo causado pelos dentes. Outra forma de ajudar o filhote é colocar esses objetos no congelador. O gelado ajuda no alívio do inchaço e da coceira.

Atenção: deixar brinquedos disponíveis não significa que o pet brincará com eles. Cabe a família incentivá-lo a interagir com os objetos, chamando-o para brincar e o elogiando sempre que o pet estiver brincando. É importante também variar as opções, para que o filhote não se canse das que tem.

Toda vez que ele tentar morder alguém ou alguma coisa que não deve, diga “não” e se afaste, encerrando a interação imediatamente. Aos poucos, ele compreenderá que não deve morder as pessoas e que esse comportamento significa o fim imediato da brincadeira, o que não é o que ele quer.

NÃO VÁ AINDA!!

Agende agora mesmo uma primeira aula gratuita (on-line ou presencial) com um dos nossos adestradores!!