Para continuar habilite o JavaScript






Saiba escolher a raça de cachorro ideal para você

Saiba escolher a raça do cachorro ideal

Postado por Cão Cidadão em 09/Aug/2018 -

Antes de comprar ou adotar um cachorro, uns dos principais aspectos que você precisa levar em consideração para escolha são a raça e a personalidade do animal. É importante que essas características se encaixem com suas expectativas em relação ao cãozinho e seu estilo de vida. Afinal, ao escolher um bichinho de estimação, desejamos que ele se adapte e tenha tudo o que precisa para ser feliz em sua nova casa, evitando problemas ou frustrações para toda a família.

Para tirar suas dúvidas sobre esse tópico, criamos este post com os principais pontos que você precisa saber antes de escolher a raça ideal do seu cachorro.

Quais aspectos levar em consideração na escolha da raça?

Para começar, pense em seu estilo de vida. Você adora passeios ao ar livre, gosta de praticar esporte, correr ou prefere ficar em casa, lendo um livro, assistindo um filme? Pense também sobre sua casa e em sua rotina e de sua família. Você mora em um apartamento pequeno ou em uma casa grande, com quintal? Os membros de sua família ficam muito tempo fora trabalhando e em outras atividades ou sempre haverá alguém em casa para fazer companhia ao bichinho?

Além disso, pense sobre quais características físicas e comportamentais você deseja que o seu cachorro tenha. Pequeno, médio ou grande porte? Quer que eles seja companheiro, brincalhão ou um cão de guarda? Agitado ou calmo?

Com base nas respostas dessas perguntas você está pronto para pesquisar as raças e perfil de animal que sejam mais compatíveis com você e sua família.

Grupos de raças e suas características

Sem raça definida

Por não terem uma raça definida, é um pouco mais difícil prever se o filhote terá porte pequeno, médio ou grande e qual será seu temperamento. Porém, no geral, animais sem raça definida são muito carinhosos e amorosos com sua nova família. Eles também costumam apresentar uma saúde bem resistente.

Além disso, se você escolher adotar um cãozinho vira-lata, você estará dando a ele a oportunidade de ter um lar e receber atenção, carinho e cuidados individualizados, algo que em um obrigo dificilmente ele teria, uma vez que os cuidadores devem dar atenção a uma dezena de animais ao mesmo tempo.

A dica para escolher o animal para adotar que mais se encaixe nas características que você espera de um bichinho de estimação é observar o comportamento do cachorro e conversar com os responsáveis por seus cuidados no abrigo. Eles podem te ajudar a saber se ele irá crescer muito mais ou se deverá ficar pequeno quando adulto e também como é o seu temperamento, se ele é um animal mais tímido, agitado, carinhoso, etc.

Grupo dos esportistas

São animais que, em sua origem, foram criados com a função de ajudar na caça. Para eles, o trabalho de localizar, capturar e buscar as presas é como um esporte que eles adoram.

Fazem parte desse grupo cães das raças Golden Retrivier, Labrador, Fox Paulistinha, Cocker Spaniel, Pointer Inglês, entre outras.

Os cachorros das raças pertencentes a esse grupo são bastante companheiros, têm muita energia, são rápidos e possuem o faro aguçado. São indicados para pessoas que querem um cão animado e educado e que tenham bastante espaço em casa para o cachorro se exercitar ou possuem muita disposição para brincar e passear.

Grupo dos Hounds

Os cachorros do grupo dos hounds também eram caçadores e perseguiam suas presas. Possuem visão e olfato bem apurados. Geralmente são agitados e precisam gastar bastante energia.

Algumas das raças que fazem parte dessa categoria são Basset Hound, Beagle, Dachshund e Whippet.

Grupo dos trabalhadores

Os cães do grupo dos trabalhadores foram criado para ajudar os humanos em diversas tarefas, como guardar propriedades e rebanhos, puxar trenós e resgatar pessoas e animais.

Raças como Akita, Boxer, Doberman, Fila Brasileiro, Husky Siberiano e São Bernardo são alguns exemplos dessa categoria.

Grupo dos pastores

Esses animais foram criados para ajudar os humanos a pastorear rebanhos e até hoje eles são usados nessa função. Fazem parte desses grupo as raças Pastor Alemão, Border Collie e Pastor de Shetland.

Para exercer esse tipo função, é preciso ter um grande vigor físico. Por isso, não é de se estranhar que os cães desse grupo tenham alto nível de energia. Os donos desses animais devem estimular atividades que o ajudem a se exercitar para evitar que a energia acumulada cause problemas comportamentais.

Grupo dos Terriers

Na natureza, os cachorros pertencentes a esse grupo são ótimos caçadores, principalmente de roedores e pequenos mamíferos. Para conseguir pegar suas presas, eles precisavam cavar profundamente a terra para encontrá-los. Devido a essa herança ancestral, os terriers são conhecidos por gostarem muito de cavar e possuem alta energia.

Ou seja, ao escolher ter um cachorro desse grupo em sua família você deverá ter em mente que ele precisará de muito exercício físico e um pedaço de terra onde possa cavar a vontade.

As raças mais conhecidas desse grupo são Bull Terrier, Boston Terrier, Jack Russel Terrier, Pit Bull e Schnauzer.

Grupo dos Toys

Diferentemente dos outros grupos citados até aqui, as raças do grupo dos toys foram criadas principalmente para fazerem companhia aos seres humanos, sem terem que exercer nenhuma função ou trabalho para ajudar seus donos.

Em sua maioria, são cachorros de pequeno porte e que apreciam muito estar sempre perto de seus donos.

As raças pertencentes a essa categoria são Chihuahua, Lulu da Pomerânia, Maltês, Pequinês, Shih Tzu Pinscher e Pug.

Grupo dos Não-esportistas

Entram nesse grupo as raças que não se encaixam nas outras categorias, por isso possuem caracterísitcas e personalidades muito variadas.

São classificados como não-esportistas o BuldogueFrancês, Chow Chow, Dálmata, Lhasa Apso, Poodle, entre outros.

A escolha da raça e do perfil comportamental do cachorro que mais combine com sua rotina e de sua família é um dos fatores mais importantes para uma relação entre humanos e animais agradável e satisfatória. Pesquise bem sobre as raças que têm interesse, converse com seu veterinário para esclarecer dúvidas sobre o comportamento e características de cada animal. Não adote ou compre um cão apenas por impulso ou por achar determinada raça bonita sem entender suas especificidades. Pratique a posse responsável e com certeza você terá um grande amigo por muitos e muitos anos.

Assine nossa newsletter para receber informações sobre o mundo pet.

Minimum 6 characters

Receba dicas e novidades

No seu e-mail!




Navegue pelo site