Xixi no pneu: o que fazer?

Photo credit: nikoretro / Foter / CC BY-SA
Photo credit: nikoretro / Foter / CC BY-SA

O seu cachorro anda fazendo xixi no pneu do seu carro? Esse é um comportamento bastante comum! Como o olfato dos cães é bastante aguçado e o pneu do carro acumula os cheiros dos caminhos que percorreu, é natural que alguns animais queiram demarcar território.

Se esse é um comportamento que não te agrada muito, é possível minimizá-lo. Sempre com paciência, persistência e reforço positivo!

Dicas 

Xixi no local correto!

Primeiro, é preciso ensinar o cãozinho a fazer as necessidades no lugar certo. Você não sabe como? Explicamos tudinho aqui! Dessa forma, é possível delimitar o local correto do banheirinho.

Bloqueio

Se o seu pet for macho, deixe algum objeto alto em frente à roda do carro, para que ele possa utilizar como poste. Assim, além de ter um lugar para fazer as necessidades, o objeto pode funcionar como um bloqueio.

Castração 

Já pensou em castrar o seu cachorro? Falamos sobre o tema neste post. Cães castrados costumam demarcar menos território!

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Alexandre Rossi dá dicas sobre ansiedade de separação em entrevista à Veja.com

Photo credit: Maufdi / Foter / CC BY-ND
Photo credit: Maufdi / Foter / CC BY-ND

O especialista em comportamento animal, Alexandre Rossi, em entrevista para o site da revista Veja, deu algumas dicas para quem deseja distrair e acalmar os cãezinhos que ficam sozinhos em casa. Sabe aquela mania do cão de latir sem parar, lamber as patas, e destruir e arranhar as portas de casa? Então, esse comportamento é conhecido como ansiedade de separação, que nada mais é do que o medo ou a tristeza de ele ficarem sozinhos.

Esse comportamento pode acometer todos os tipos de animais. Para os cachorros, por serem mais sociáveis e mais dependentes dos donos, a tristeza e o estresse apresentado podem ter a sua intensidade baseada de acordo com os hábitos do dono, do treinamento aplicado e da raça do pet. Até os gatos, animais mais independentes, podem sofrer com a ausência dos proprietários.

De acordo com Alexandre Rossi, os primeiros dias do cãozinho ou do felino podem ser decisivos para determinar o nível de ansiedade do animal no futuro. Por exemplo, sabe aquela sabe aquela mania de deixar o cãozinho recém-chegado sozinho na lavanderia? Então, ele passará o resto da vida associando a solidão ao desespero dos primeiros dias sozinho. Por isso, o ideal é deixá-lo sozinho só depois que ele se acostumar com a família nova.

Já no caso dos gatinhos, a dica é contrária. “O gato recém-chegado se estressa ainda mais se for solto em um ambiente muito amplo. Deixe-o em um cômodo menor no primeiro dia e espere que ele comece a comer e a usar a caixinha de areia antes de liberar o acesso ao resto da casa”, informou Alexandre Rossi à revista.

O ideal também é não fazer festa ao chegar em casa. Se possível, ignore o cão e espere ele se acalmar, só então dê atenção. Com essas e outras dicas, você pode ajudar o seu animal de estimação!

Leia a matéria completa do site da Veja clicando aqui.

Também falamos sobre ansiedade de separação em nosso espaço Dicas. Confira!

Share and Enjoy !

0Shares
0 0