Para continuar habilite o JavaScript






Tem um gato idoso? Conheça os cuidados recomendados para o seu bichano

gatos-idosos

Photo credit: Maarten Takens / Foter / CC BY-SA

Eles brincam, pulam e sobem nos lugares mais inusitados. Porém, com o passar dos anos, os gatos passam por mudanças comportamentais e fisiológicas, o que requer muita atenção dos donos para que eles vivam felizes e saudáveis.

Comportamento 

Na parte comportamental, a partir dos 12 anos, já podem ser notadas alterações no modo de agir do gatinho. Muitas vezes, os bichanos idosos se tornam ainda mais seletivos com a alimentação. Uma dica interessante é aquecer um pouco de ração úmida para torná-la mais atrativa pelo aroma.

Alterações fisiológicas

Nessa fase, o gato pode se tornar também menos ativo do que o normal, com menos habilidade para escalar e subir em lugares altos. Sendo assim, é preciso verificar o local que ele gosta de ficar  e,  se for alto, permitir que o acesso a ele seja fácil, colocando rampas ou prateleiras.

Como todo amante de gato sabe, eles são sensíveis a mudanças no ambiente e na rotina, e essa característica pode se tornar ainda mais evidente durante a velhice. Procure, então, evitar alterações bruscas, mesmo que isso signifique uma simples mudança de um objeto do lugar. Se for absolutamente necessária, o ideal é fazer a modificação com o gato em um ambiente separado.

Retribua toda a alegria e os bons momentos ao lado dele com o essencial: carinho e cuidado!

Minimum 6 characters

Receba dicas e novidades

No seu e-mail!




Navegue pelo site