Para continuar habilite o JavaScript






Raios e trovões: 4 dicas para ajudar o pet a superar esse medo

https://www.flickr.com/photos/31682982@N03/21038202283/

https://www.flickr.com/photos/31682982@N03/21038202283/

As temperaturas têm caído drasticamente nas últimas semanas e as chuvas se tornaram mais frequentes, assim como os raios e trovões.

Para os pets, essa época é um tanto estressante, pois muitos deles sentem medo dos trovões devido ao barulho alto e muito repentino. É comum que os bichinhos fiquem tensos e ansiosos, procurando algum lugar para se esconder da intensidade do barulho.

Todo esse estresse é muito prejudicial para a saúde do seu cãozinho, por isso, é importante que você, dono, encontre maneiras de ajudá-lo a superar esse obstáculo e a se sentir tranquilo e seguro durante os dias de tempestade.

Abaixo, selecionamos algumas dicas para tornar esses dias mais tranquilos para o seu cão. Confira!

1. Não tenha medo

Os animais captam com muita facilidade o estado de espírito dos seus donos. Essas atitudes podem se refletir no pet, que fica ainda mais medroso que você.

Se você está se sentindo inseguro durante as chuvas, o seu cão sentirá que você não tem a situação em controle e que não poderá protegê-lo, deixando-o ainda mais tenso.

Evite movimentos bruscos e não se debruce sobre o cão, pois ele poderá interpretar a sua atitude como um sinal de que o perigo se aproxima. É muito importante que você demonstre tranquilidade e naturalidade, para que o seu cão se sinta seguro na sua presença e saiba que você está no controle da situação.

2. Toca

Em momentos como esse, em que o cão se sente amedrontado, é natural que ele procure um local no qual se sinta seguro, como, por exemplo, a casinha, o vão debaixo da cama ou da escada, ou qualquer cantinho que seja aconchegante para ele.

Permita que ele fique no local que ele escolheu, ou então, crie um novo espaço, onde os sons dos raios e trovões possam ser abafados e ele possa permanecer tranquilo.

3. Crie distrações

Ofereça atividades interessantes, nas quais ele foque a sua energia e que deem vazão a sua ansiedade. Brinquedos divertidos, garrafas pet cheias de buracos e recheadas de ração, um brinquedo que ele possa morder e destruir. Todas essas atividades ajudam o pet a ficar mais relaxado. Escolha o que mais se encaixar ao perfil dele.

4. Procure ajuda

Nenhum animal (ou humano) gosta de sentir medo. O adestramento pode ser uma forma de ajudá-lo, pois um profissional de comportamento é capaz de identificar as causas do problema e, com o treino correto e muito amor e dedicação, diminuir e até eliminar esses medos recorrentes.

Minimum 6 characters

Receba dicas e novidades

No seu e-mail!




Navegue pelo site