Para continuar habilite o JavaScript






Como fazer seu gato gostar de tomar banho

Photo credit: patchattack / Foter / CC BY-SA

Photo credit: patchattack / Foter / CC BY-SA

Dar banho é uma tarefa muito importante para a saúde e o bem-estar do seu gatinho. Porém, muitas vezes, esse momento pode se tornar muito difícil, dependendo da resistência que ele tiver à água.

Muitas pessoas acham que o gato não precisa tomar banho porque eles geralmente “cuidam” da própria higiene, mas é importante que eles mantenham uma rotina de cuidados e banhos, sim. Por isso, o ideal é ambientá-lo desde filhote a essa situação.

Saiba como fazer com que a hora do banho seja mais um momento divertido na rotina do seu bichano.

Sem pressa!

Primeiramente, você não deve dar banho no gato se estiver com pressa. Esse é um momento muito especial, que exigirá atenção e cuidados.

É muito importante também que você se organize: no dia anterior, se possível, escove o animal, para que ele não solte muito pelo no momento do banho.

Outra dica é associar o banho a uma situação agradável. Nunca obrigue o bichano a tomar banho ou force uma situação. Isso só piorará o medo dele.

O recomendado também é não colocá-lo logo de cara em uma banheira cheia de água e tentar secá-lo com o secador, pois essas ações podem assustá-lo. Vá com calma, respeitando o limite dele.

Deixe tudo o que você for usar separado, como toalha, shampoo, produtos etc. Apresente ao bichinho tudo que envolverá o momento do banho, lembrando que você sempre deve utilizar produtos recomendados pelo médico veterinário.

Hora do banho

Prepare uma bacia com uma borracha de EVA no fundo, para evitar que ele escorregue. Não deixe o recipiente muito cheio e preste atenção na temperatura da água.

Proteja o ouvido dele com um chumaço de algodão, e tome cuidado com os olhos e o nariz, pois você nunca deve jogar água diretamente nesses locais.

Os primeiros banhos devem ser dados em etapas: comece molhando só as patinhas, depois vá jogando água no restante do corpo dele.

Deixe o bichano sentir o cheiro dos produtos que você usará. Durante esse tempo, ofereça um petisco, brinque com ele, faça carinho e fale em um tom de voz suave.

Secador

Ao usar o secador, tome cuidado para ambientar o gato ao objeto com calma. Como o aparelho faz muito barulho, o bichano poderá ficar assustado no início, se não for bem habituado a ele.

Primeiro, ligue o secador distante do animal, para acostumá-lo com o barulho. Nas primeiras vezes, você pode fazer isso em outro cômodo da casa e, depois, trazer o objeto para mais próximo dele.

Deixe o secador na potência mínima e, aos poucos, direcione o jato de ar na direção do gato, ainda mantendo uma distância para não assustá-lo.

Tente secá-lo e, se ele não ficar muito arisco, continue o procedimento. Nunca continue fazendo isso se ele apresentar qualquer reação de repulsa. Não se esqueça de elogiá-lo e recompensá-lo em cada avanço apresentado!

É necessário?

Algumas raças, como o gato Persa, têm dificuldades em se limpar, porém, é importante lembrar que o banho é algo que é feito para agradar os donos, pois os gatos não precisam desse ritual.

Existem muitas pessoas que evitam dar banho em seus gatos e muitos veterinários recomendam aos tutores que não deem banho nos gatos a não ser que o bichano tenha algum problema de pele ou algo do tipo, inclusive, o banho pode aumentar os riscos do seu gatinho desenvolver algum problema de pele.

Além disso, devemos tomar muito cuidado com os produtos utilizados, pois o shampoo pode alterar a proteção natural da pele do gato e isso pode ser prejudicial para a saúde do seu bichinho.

Uma boa dica é deixar os banhos para momentos em que o animal esteja com dificuldades em se limpar sozinho: quando se sujar de graxa ou algum produto que seja prejudicial para sua saúde e difícil de ser removido dos pelos.

No mais, lembre-se: o banho deve ser agradável para o animal, mas não é algo extremamente necessário.

Minimum 6 characters

Receba dicas e novidades

No seu e-mail!




Navegue pelo site