Para continuar habilite o JavaScript



Associação positiva – Portal do Dog

Postado por Cão Cidadão em 06/nov/2017 -

“A Maya é uma Buldogue Francês de dois meses. Estamos com ela há algumas semanas. Até agora não a deixamos sozinha, mas precisamos treiná-la para isso. Tenho os horários bem flexíveis e, por isso, é pouco provável que ela fique mais do que três horas consecutivas sozinha. Como devemos proceder? Obrigada!”

Por Marina Marinho, adestradora e franqueada da Cão Cidadão

Olá, Julia. Tudo bem?

Como cães aprendem por associação e repetição, para treiná-los é preciso criar algumas situações que se encaixem à realidade de cada família antes de começar a mexer com o lado intuitivo deles.

A primeira orientação para que futuramente não haja uma possível ansiedade de separação por parte do animal ao ficar sozinho (já que a Maya passa a maior parte do tempo em companhia), é começar a fazer pequenas separações, deixando a cadela por alguns momentos.

Para que isso ocorra de uma maneira natural e próxima da realidade, comece deixando-a na casa e saia sem conversar com ela por alguns minutos. Da mesma forma, isso deverá acontecer na sua chegada, ignore, não faça festa!

Aproveite que você tem horários flexíveis e comece fazendo as simulações em diferentes situações e horários. Por exemplo: saia de manhã, fique fora um minuto e entre novamente na casa.

À tarde, saia de novo, fique dois minutos fora e entre na sequência. Realize este treinamento com frequência.

O importante é graduar o tempo bem devagar para não atropelar as etapas.

Existe algo muito importante que se chama enriquecimento ambiental, o que é extremamente necessário para que o cão não fique ocioso e comece a roer ou destruir coisas que não deve.

O enriquecimento ambiental pode ser feito de diversas maneiras, como com garrafas PET – com petiscos ou ração dentro, ossos naturais e Kong (brinquedo recheado com comida).

Todos esses exemplos servem para desgastar o cão fisicamente e mentalmente, além de ser uma incrível atividade física.

Contudo, acho que o mais importante é a Maya estar bem quando estiver sozinha, e para isso é preciso criar um “mundo” que seja dela, com todas essas atividades.

Boa sorte e espero ter ajudado.

Fonte: Portal do Dog

Minimum 6 characters

Receba dicas e novidades

No seu e-mail!




Navegue pelo site