Para continuar habilite o JavaScript






Melhorando a comunicação com o animal de estimação

Postado por yogh-agencia em 01/jun/2016 -

Assim como nós, os cães e os gatos possuem uma linguagem específica para se comunicarem entre si. Nós usamos palavras, tons de voz, gestos, posturas corporais e movimentos sutis dos olhos e boca.

Os cães possuem uma linguagem específica, como: odores (por isso fazem o xixi de demarcação e cheiram o bumbum do novo colega), postura corporal, posição e movimento da cauda, pelagem, sons e alguns gestos, como por exemplo, abaixar as patas da frente para chamar o amigo para brincar.

Gatos também tem sua própria linguagem: a vocalização (miados com tons diferentes), posição da orelha, movimento da cauda e do olhar.

Essas diversas formas de comunicação dos peludos são importantes, pois é assim que demonstram os sentimentos de humor e preferências. Aprender a identificar o significado da postura corporal deles, pode te ajudar a evitar uma briga na rua. Mas vale ressaltar que essas atitudes devem estar inseridas em determinados contextos. Não adianta olhar só a cauda, sem saber o que está acontecendo naquele momento.

Conhecendo melhor essas possibilidades, você pode perceber se determinada situação está causando desconforto ao seu pet, se ele está com muito medo, se está apresentando sinais de agressividade ou, ainda, se está em um momento de pura diversão com você, feliz e descontraído.

Se seu cão está lambendo muito a pata, por exemplo, esse comportamento pode significar tédio. Ele não tem o que fazer e fica “mexendo” compulsivamente em si mesmo. Porém, a atitude também pode ser uma dermatite (problema de pele); vale ficar de olho e levar seu amigo no veterinário se preciso.

Por outro lado, o ato dele te lamber pode significar carinho ou mais uma maneira dele chamar sua atenção. Por isso, reforço que o contexto ajuda a entender o que pode estar acontecendo.

Outro forma de chamar atenção é latindo. No geral, para cada circunstância há um tipo de latido. Quando o seu cão avista outro cão, quando o lixeiro passa, quando chega visitas em casa ou até mesmo por diversão.

Os cães são exímios observadores da nossa linguagem corporal e percebem pequenas mudanças de humor, devido a nossa postura. Então, devemos aprender com eles e prestar atenção nos sinais para conseguirmos nos comunicarmos melhor.