Para continuar habilite o JavaScript






Tudo o que você precisa saber sobre gatos

Postado por Cão Cidadão em 08/mai/2017 -

dicas_interna-tudo-sobre-gatos
Você já deve ter ouvido falar que os gatos podem ser ariscos, não é? Mas saiba que nem todos são assim. Desconfiados por natureza, os felinos não se sentem seguros enquanto não estão no “controle” da situação e, por isso, podem apresentar um comportamento mais arredio.

Cada gato é um ser vivo completamente diferente e sua personalidade pode ser influenciada por diversos fatores: de genéticos ao modo como seu dono se relaciona com ele. Isso não significa que os felinos não gostam de carinho e de interagir com as pessoas. Se a sociabilização for feita desde filhote, é possível acostumá-lo até mesmo com as visitas.

Ter paciência e saber respeitar o tempo do gato também é essencial para uma boa sociabilização. Por isso, é importante evitar situações em que o bichano possa sentir medo, pois isso fará com que ele fique inseguro no lugar em que vive.

Para ajudar os tutores a lidarem melhor com os seus gatos, o zootecnista e especialista em comportamento animal, Alexandre Rossi, e a médica veterinária, Paula Itikawa, publicaram o livro “Os Segredos dos Gatos”.
A obra acaba de ganhar uma edição atualizada e nova capa e uma sessão de autógrafos será realizada no dia 9 de maio, das 20h às 21h, na livraria Cia. dos Livros, na Universidade Presbiteriana Mackenzie, em São Paulo. Mais informações, aqui.

Saiba outras dicas para lidar melhor com o gato:

Ambientação

Antes de levar o gatinho para casa, garanta que o ambiente está adequado para a sua chegada. O primeiro passo, e o mais importante, é colocar telas em todas as janelas da casa, assim, você evita acidentes e fugas.

Em seguida, prepare o banheirinho do bichano. Uma dica é ter em casa sempre uma caixa de areia a mais do que a quantidade de gatos. Coloque as caixas longe de portas ou de objetos que façam muito barulho para evitar que o felino se assuste.

Faça da sua casa um local em que o bichano se divirta. Instale prateleiras em lugares altos para que ele possa subir e observar as coisas. Deixe também alguns arranhadores espalhados pela casa e faça brincadeiras que estimulem o instinto de caça do pet. Pode ter certeza de que o gatinho vai adorar!

Alimentação

Por serem caçadores naturais, os gatos não gostam de comer a ração deixada o dia todo no potinho. A dica é oferecer o alimento em pequenas porções durante o dia. Você pode espalhar pequenas quantidades pela casa, em lugares altos ou escondidos, para que ele se interesse mais pela comida e siga seu instinto.

Outra opção de brincadeira é colocar petiscos ou ração em garrafas pet e fazer pequenos furinhos nela para que, enquanto ele brinque, ele também se alimente. Mas, lembre-se: tenha a certeza de que o pet está se alimentando adequadamente.

Minimum 6 characters

Receba dicas e novidades

No seu e-mail!




Navegue pelo site