Para continuar habilite o JavaScript






Como apresentar um cão a um gato?

Postado por Cão Cidadão em 03/fev/2017 -

dicas_interna-cao-e-gato

Por Joilva Duarte, adestradora da equipe Cão Cidadão.

Apresentar um cão a um gato não precisa ser algo traumatizante para nenhum dos dois. Inclusive, eles podem se tornar bons amigos, com algumas dicas que poderão ajudá-los nessa sociabilização.

Passo a passo

Primeiramente, o local da apresentação deve ser um ambiente seguro e controlado. Os gatos são bichinhos extremamente sensíveis e sua interação é completamente diferente da interação de um cachorro, devemos respeitar isso.

Se o gato for desconfiado, tímido e medroso, devemos acostumá-lo com a caixa de transporte, para que se sinta seguro no início dos treinos.
Já o cão deve ser mantido na guia para ser controlado e não criar desentendimentos.

Comece aproximando os dois e recompensando-os com petisco cada vez que um olhar para o outro. Aos poucos vá diminuindo a distância, mas sempre observando se eles continuam tranquilos e aceitando os petiscos. Avance e diminua a distância devagar para que associem a presença um do outro com a recompensa.

Se perceber que o gato está tranquilo e confortável, abra a caixa e espere que ele saia, sempre mantendo o cão controlado pela guia e sendo recompensando pelo bom comportamento.

Se o cão estiver com a atenção toda voltada ao gato, tente tirar o foco dele, para que não fique ansioso e se aproxime de forma bruta, o que pode causar uma reação de defesa do gato e, consequentemente, um desentendimento. Nesse momento usar a guia para frustrar pulos pode ser uma boa alternativa. Assim, o cão vai entendendo que só pode se aproximar do gato se for de uma maneira tranquila.

É importante frisar que esses treinos têm que ser repetidos por várias vezes até que os dois possam ficar soltos. Até que se acostumem, o ideal é sempre estarem sob supervisão do responsável. Se precisar, procure ajuda de um profissional em comportamento.