Para continuar habilite o JavaScript






Ano novo, vida nova: cinco dicas para trabalhar com adestramento

Postado por Cão Cidadão em 02/Jan/2018 - Sem Comentários

noticias_interna-5-dicasMuita gente pensa em investir em um negócio próprio e mudar o rumo da vida profissional, mas acaba desistindo pelos altos investimentos que normalmente são precisos nesses casos.

Mas nem sempre esse sonho precisa ficar arquivado. O modelo de franquia da Cão Cidadão, empresa de adestramento do zootecnista e especialista em comportamento animal Alexandre Rossi cabe no orçamento, pois requer um investimento inicial baixo e prevê rápido retorno financeiro, além de não necessitar de um espaço físico.

Se trabalhar com animais está nos planos, com certeza a proposta de negócio da Cão Cidadão vai interessar. São mais de 90 franqueados da empresa por todo o Brasil e todas essas franquias são móveis, ou seja, o adestrador atende na casa do cliente, agenda os horários mais viáveis e tem autonomia sobre seu trabalho.

E o melhor é que a Cão Cidadão não exige conhecimento prévio na área, uma vez que todo o treinamento é oferecido para o profissional após as etapas de avaliações iniciais de candidatos. Basta apenas que o interessado tenha vontade em aprender, aptidão e goste de lidar com animais e com o público no geral.

Ainda está em dúvida? Aí vão cinco motivos para você ser um adestrador da Cão Cidadão:

1. Investimento inicial baixo e retorno no curto prazo.
2. Horário flexível de atendimento, sendo possível exercer outras atividades fora do ramo.
3. Reuniões periódicas com toda a equipe, bem como workshops e treinamentos.
4. Suporte e desenvolvimento profissional permanentes, com contato com Alexandre Rossi, que é reconhecido internacionalmente.
5. Não é preciso ter um estabelecimento fixo.

Gostou? Então, inscreva-se no processo seletivo da franquia Cão Cidadão! Saiba mais aqui.

Minimum 6 characters

Receba dicas e novidades

No seu e-mail!




Navegue pelo site